PUBLICIDADE
Topo

Raptors se ajoelham contra o racismo também no hino canadense

Jogadores do Lakers e do Raptors, de braços dados, se ajoelham durante hinos dos EUA e do Canadá antes de jogo entre as duas equipes - Reprodução/Youtube
Jogadores do Lakers e do Raptors, de braços dados, se ajoelham durante hinos dos EUA e do Canadá antes de jogo entre as duas equipes Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

01/08/2020 23h21

Os jogadores do Toronto Raptors se mantiveram ajoelhados, em protesto contra o racismo, tanto durante o hino americano quanto durante o hino canadense, antes da primeira partida do time na retomada da temporada da NBA, em andamento neste sábado, em Lake Buena Vista, na Flórida.

Usando camisetas com a frase "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam), os jogadores dos Raptors e dos Lakers deram os braços e se ajoelharam durante a execução do hino americano.

Depois, em uníssono, os jogadores da equipe canadense trocaram de joelhos e seguiram ajoelhados durante o hino do Canadá, acompanhados dos jogadores do Lakers.

Segundo uma declaração do técnico dos Raptors, Nick Nurse, concedida ontem (31), sua equipe trataria os dois hinos como uma única longa canção e ressaltou que o Canadá também enfrenta questões de violência policial e também precisa mudar essa cultura.

"Não é sobre países, não é sobre fronteiras, para mim é sobre continuar a jogar luzes no fato de que precisamos fazer melhor em relação à violência policial. Nós precisamos nos esforçar contra a questão do racismo sistêmico", disse o treinador. "Isso não ocorre apenas no Canadá e nos EUA. É em um monte de lugares, então será como se fosse um hino só", concluiu, segundo o site da TV canadense CTV.

Vários jogadores da NBA participaram dos protestos que eclodiram após o assassinato de George Floyd durante uma ação da polícia de Minneápolis. Os jogadores afirmaram que o retorno da NBA não se transformaria em uma distração sobre as questões de Justiça racial e social nos EUA.

As palavras "Black Lives Matter" foram colocadas em letras garrafais em todas as três quadras do complexo montado no Walt Disney World para a primeira rodada de jogos da retomada da NBA — sem público, iniciada dia 30. Os dois times fizeram aquecimento para o jogo com camisetas com a mensagem antirracismo.

O jogo entre Los Angeles Lakers e Toronto Raptors está em andamento. No lugar dos nomes dos jogadores há mensagens de conteúdo social. Antes do jogo, os jogadores das duas equipes se dirigiram à quadra usando camisetas com mensagens em defesa de Justiça Social e contra o racismo. Jogadores dos Raptors usaram camisetas com a mensagem "I´m Human" (eu sou humano).

Basquete