PUBLICIDADE
Topo

Basquete

NBA investiga jogadores de Lakers e Rockets envolvidos em briga

Jogadores dos Rockets afirmam que briga começou após Rondo cuspir em Chris Paul - Marcio Jose Sanchez/AP
Jogadores dos Rockets afirmam que briga começou após Rondo cuspir em Chris Paul Imagem: Marcio Jose Sanchez/AP

Do UOL, em São Paulo

21/10/2018 14h24

A NBA está investigando as cenas da briga entre os jogadores de Los Angeles Lakers e Houston Rockets, ocorrida na noite deste sábado (20), para possíveis suspensões. De acordo com a ESPN americana, é possível que as punições sejam anunciadas ainda neste domingo (21). A partida, vencida pela equipe texana por 124 a 115, marcou a estreia de LeBron James com a camisa dos Lakers no Staple Center.

Depois da partida, jogadores e a comissão técnica da franquia de Houston afirmaram que a briga começou porque Rajon Rondo teria cuspido no rosto de Chris Paul. Apesar da alegação, funcionários dos Lakers assistiram aos vídeos da confusão e concluíram que isso não aconteceu, conforme publicado pela ESPN.

"Inaceitável. Nós todos sabemos o que aconteceu. Não precisamos ir e voltar nisso. O que aconteceu é inaceitável. Não deveria ter acontecido", afirmou Carmelo Anthony, ala-pivô dos Rockets.

Os dois clubes serão ouvidos pela liga, neste domingo (21). Os Lakers deverão apresentar um corte abaixo do olho direito de Rondo, causado por Paul, o que o teria feito reagir. Além disso, a NBA acredita que Rondo estava usando um protetor bucal no momento da briga, o que tornaria o ato de cuspir mais difícil.

Ainda de acordo com a ESPN americana, os dois jogadores tiveram pequenos desentendimentos durante a partida deste sábado.

A punição de Rondo poderá ser um pouco mais severa, já que em 2015 ele foi suspenso por uma partida por ofender um árbitro com um xingamento homofóbico.

A rivalidade entre Rondo e Paul começou ainda durante os treinamentos para os Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, na China, quando o atual jogador dos Rockets roubou a vaga do armador dos Lakers.

A 4:14 do fim do último quarto, Brandon Ingram reclamou de uma falta de ataque marcada contra ele, em jogada com James Harden. Revoltado pela marcação, o ala dos Lakers empurrou a jogador dos Rockets, o que iniciou uma pequena discussão com jogadores dos dois times.

Em um determinado momento, Chris Paul colocou o dedo no rosto de Rajon Rondo, que revidou com um soco no armador de Houston. Na confusão, Ingram também desferiu socos. Amigo pessoal de Chris Paul, LeBron James o afastou da confusão. 

Por fim, os árbitros expulsaram Ingram e Rondo, dos Lakers, e Paul, dos Rockets. Toda a confusão deixou o jogo parado por cerca de dez minutos.

Basquete