PUBLICIDADE
Topo

Basquete

LeBron cita Tom Brady e aponta diferença de tratamento a atletas negros

LeBron James durante primeiro treino com o Los Angeles Lakers - Reprodução / Twitter @Lakers
LeBron James durante primeiro treino com o Los Angeles Lakers Imagem: Reprodução / Twitter @Lakers

Do UOL, em São Paulo

29/08/2018 15h37

Atleta dos Los Angeles Lakers, LeBron James criticou a forma de tratamento entre atletas negros e brancos nos Estados Unidos. O jogador usou como exemplo Tom Brady e disse que há uma diferenciação na maneira de enxergar cada profissional.

"Quando você está crescendo nos esportes ou no hip-hop, qualquer que seja o caso, tudo o que você ouve é 'eu quero ser o melhor'. O melhor faz as coisas do seu jeito, seja ele qual for. E então, quando você faz do seu jeito e ganha, ainda não é suficiente. E isso é para nós, os afro-americanos. Porque, se for o melhor quarterback do mundo, você é um quarterback branco. É [Tom] Brady, [Aaron] Rodgers, [Peyton] Manning", disse LeBron.

O astro ainda descreveu uma situação hipotética na qual um atleta branco e um atleta negro são abordados por fãs que pedem fotos enquanto estão com suas respetivas famílias.

"Estamos fazendo a mesma m..., exatamente a mesma m... [O fã chega com] O telefone ligado e nós [falamos] 'tire esse maldito telefone da minha cara, estou com a minha família'. Se saímos com nossas famílias e dizemos essa m..., alguém vai postar. E se Aaron Rodgers ou outro cara disser essa m..., e eles postarem, alguém vai dizer 'ei, os caras precisam respeitar Aaron Rodgers", afirmou LeBron.

As declarações foram dadas em um bate-papo com Odell Beckham Jr., wide receiver do New York Giants na NFL, durante o programa 'The Shop', da HBO. O jogador dos Lakers é um dos produtores da atração, que se propõe a discutir as questões raciais nos Estados Unidos.

Beckham Jr. contou que passou por situação semelhante. "Eu não queria bater uma foto, estava realmente com pressa. Entro no Twitter e [leio] 'eu compro ingressos para toda a temporada do Giants há 30 anos'", disse o jogador. "Eu realmente me sinto como um animal do zoológico".

Basquete