PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Curry e agora Durant 'livres': Warriors têm só 6 jogadores com contrato

Kevin Durant recebe troféu de jogador mais valioso (MVP) das Finais da NBA - Ezra Shaw/Getty Images/AFP
Kevin Durant recebe troféu de jogador mais valioso (MVP) das Finais da NBA Imagem: Ezra Shaw/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

20/06/2017 13h33

De acordo com reportagem da "ESPN", Kevin Durant decidiu não exercer sua opção unilateral para renovar contrato com o Golden State Warriors para a próxima temporada por US$ 27.734.405,00 (R$ 91.437.559,84). Desta forma, dos 15 jogadores que fizeram parte da franquia na conquista por 4 a 1 sobre o Cleveland Cavaliers, apenas seis tem vínculo para a próxima temporada.

É praticamente certo que Durant não sairá de fato dos Warriors. Tudo não passaria de uma manobra, já que o ala deve assinar novo vínculo com a franquia, facilitando a renovação de seus colegas e ficando elegível para um salário ainda maior no futuro. E tal ajuda deve ser providencial, já que alguns nomes importantes da equipe de Oakland estão dando sopa no mercado.

Estrela do time, Stephen Curry é o principal nome disponível. Mas não é o único. Andre Iguodala, Shaun Livingston, Zaza Pachulia, David West, Ian Clark, JaVale McGee e Matt Barnes são outros jogadores que se sagraram campeões com os Warriors e se tornam agentes livres no verão americano. 

Já Klay Thompson, Draymond Green, Kevon Looney, Damian Jones e Pat McCaw têm contratos garantidos para a próxima temporada. James McAdoo, por sua vez, tem uma opção de qualifying offer. Este tipo de cláusula permite que o jogador negocie com outras franquias, mas dá aos Warriors o direito de igualar as propostas recebidas se assim desejar.

A NBA tem teto salarial, que na temporada 2017/2018 deve ser de US$ 102 milhões (aproximadamente R$ 336,3 milhões). O limite, porém, pode ser ultrapassado de algumas maneiras – uma delas é renovando o contrato de jogadores que estão há pelo menos três anos na franquia, caso de Stephen Curry e Andre Iguodala, por exemplo.

Com o salário de Durant, os Warriors teriam pouco mais de US$ 68 milhões (cerca de R$ 224,2 milhões) comprometidos. Com sua manobra, esse valor caiu para pouco menos de US$ 40 milhões (aproximadamente R$ 131,9 milhões). Assim, um menor ordenado para o ala deve ajudar a franquia a renovar alguns contratos – principalmente os de Curry, maior astro do time nos últimos, e Andre Iguodala, reserva mais importante do elenco.

Segundo a ESPN, os Warriors devem oferecer um contrato de cinco anos com salário de US$ 205 milhões (R$ 687,4 milhões) pelo período, o que seria o maior valor possível a ser oferecido para o armador.

Outras exceções que permitem a uma franquia exceder o teto salarial são contratos para novatos e contratos pelo valor mínimo permitido pela NBA. Estes devem ser os recursos usados pelos Warriors para completar o elenco rumo à temporada 2017/2018 da NBA.

Basquete