PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Pai de Lamar Odon diz temer pelo filho: "Pode morrer a qualquer instante"

Lamar Odom ainda não superou problema com drogas - Jemal Countess/Getty Images
Lamar Odom ainda não superou problema com drogas Imagem: Jemal Countess/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/07/2016 10h19

O ex-jogador da NBA, Lamar Odom, ainda corre risco de morte. Pelo menos é o que afirma seu pai, Joe Odom, em entrevista à revista “Radar”. Apenas 10 meses após o astro ter se recuperado de uma overdose que quase o levou a óbito, os abusos de drogas e álcool seguem uma constante na vida de Odom.

“Ele pode morrer a qualquer momento. Agora, somente Deus pode salva-lo”, declarou Joe, que acredita que apenas um milagre poderia mudar a vida de Lamar.

Na entrevista, o pai de Odom revelou ter ficado doente após ficar sabendo da overdose do filho, que foi passou mal em um quarto de um bordel nos Estados Unidos após consumo excessivo de drogas.

“Eu fiquei em depressão. Só esperava que ele não estivesse realmente doente. Rezava todas as horas para que ele ficasse bem. Ele estava muito deprimido (pela separação com Khloe Kardashian), mas não posso falar dela. É a minha nora, tudo isso é entre ela e ele. Não quero piorar a situação”, ressaltou Joe.

Ainda de acordo com Joe, Lamar estava morando em uma residência paga por Khloe. Contudo, a estrela norte-americana deixou de pagar o imóvel após chegar ao local e encontrar diversas pedras de crack. Sem a ajuda da mulher, Lamar acredita que o filho terá muita dificuldade para superar o vício em drogas.

“Se tivesse que dar um conselho ao Lamar, lhe diria para andar no caminho certo, para que deixasse as más companhias e que pedisse ajuda a Deus para poder rezar”, concluiu Joe.

Basquete