PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Com estrelas na torcida, Flamengo massacra Bauru e fatura NBB pela 5ª vez

Jogadores do Flamengo posam com a taça após o título do NBB - Fotojump/LNB
Jogadores do Flamengo posam com a taça após o título do NBB Imagem: Fotojump/LNB

Do UOL, em São Pualo

11/06/2016 16h09Atualizada em 13/06/2016 10h18

O Flamengo segue imbatível no basquete nacional. Na tarde deste sábado, o clube carioca conquistou o seu quarto título seguido do NBB, o quinto da história, ao derrotar o Bauru por 100 a 66 na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca.

Com o resultado, o time rubro-negro fechou em 3 a 2 a série em melhor de cinco do playoff.

Os principais destaques do time carioca na partida que valeu o título foram o veterano ala Marcelinho Machado, de 41 anos, JP Batista e Olivinha. Eles totalizaram 68 pontos, sendo que Marcelinho acabou como o cestinha com 26 pontos. Olivinha foi eleito pela Liga Nacional de Basquete (LNB) o MVP (Jogador Mais Valioso) da final.

"Eu falei antes do jogo que estes momentos serão guardados com muito carinho. Eu me sinto privilegiado de poder estar vestindo esta camisa e hoje poder ajudar o Flamengo a ser campeão mais uma vez. Fizemos um jogo muito bom. Tivemos intensidade de final e inteligência", afirmou Marcelinho ao SporTV.

Depois de os dois primeiros quartos serem muito equilibrados e o Flamengo ir para os vestiários vencendo por apenas sete pontos, 39 a 32, o terceiro quarto foi decisivo para o time chegar ao título. Com um bom ataque e defesa forte, entrou no período decisivo com o placar de 71 a 49 e a taça praticamente assegurada.

Contando também os campeonatos nacionais organizados pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB) são seis os títulos do Flamengo. O Franca soma 11 títulos e é o maior campeão. O NBB passou a ser disputado a partir da temporada 2008/2009.

Torcedores famosos do Flamengo marcam presença

A partida que decidiu o título do NBB foi acompanha de perto por flamenguistas famosos como a líbero Fabi, bicampeã olímpica, o goleiro Júlio César - que atualmente está no Benfica - e Junior, comentarista da TV Globo.

 

 

Atletas de seleção em quadra

Dos jogadores que estiveram em quadra nesta final, quatro foram pré-convocados pelo técnico Rubén Magnano para defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro: Marquinhos e Rafael Luz, pelo lado do Flamengo, e Alex e Rafael Hettsheimeir, do Bauru.

José Neto, treinador do Flamengo, e Demétrius, do Bauru, também fazem parte da seleção como assistentes.

O que disse o blogueiro do UOL

"Vitória justíssima, título mais que legítimo pra melhor equipe da fase de classificação e que domina o cenário nacional desde o começo da Era José Neto (4 NBB's, 4 títulos). Já disse aqui neste espaço e repito: quando joga de forma organizada e coloca a “torcida na quadra'', o time carioca é muito difícil de ser batido em uma série de 5 jogos – ou quase impossível. Detalhe importante: Fla campeão com o melhor um titular de seleção brasileira (Marquinhos) fazendo 2 pontos. Fala MUITO sobre a força do grupo do neto", analisou Fábio Balassiano, do blog Bala na Cesta.

Veja como foram todos os jogos da final

Bauru 77 x 83 Flamengo
Flamengo 80 x 85 Bauru
Flamengo 89 x 84 Bauru
Bauru 94 x 81 Flamengo
Flamengo 100 x 66 Bauru 

Basquete