PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Jogador da NBA morre aos 23 anos baleado no abdômen

Bryce Dejean-Jones tinha assinado contrato de três anos com o New Orleans Pelicans - Stacy Revere/Getty Images
Bryce Dejean-Jones tinha assinado contrato de três anos com o New Orleans Pelicans Imagem: Stacy Revere/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/05/2016 16h58

O jogador Bryce Dejean-Jones morreu neste sábado depois de receber um tiro no abdômen. Ele defendia o New Orleans Pelicans e tinha jogado 14 partidas na NBA, 11 como titular. A morte foi confirmada a portais noticiosos americanos pelas autoridades de Dallas, no estado do Texas.

Já a informação de que ele recebeu um tiro foi confirmada por seu agente ao site da ESPN americana.

Dejean-Jones estava em sua temporada de calouro e tinha um contrato de três anos com o Pelicans.

Sua média de pontos era de 5,6 e a de rebotes, 3,4. Ele ficou em quadra em média 19,9 minutos por jogo.

Sua melhor partida foi contra o Los Angeles Lakers no dia 4 de fevereiro, quando ele marcou 17 pontos e pegou nove rebotes. Dias depois, ele sofreria uma fratura no punho direito e perderia o resto da temporada.

O treinador Fred Hoiberg, que trabalhou com Dejean-Jones na Universidade Estadual de Iowa, lançou uma nota em que lamenta a morte do jogador.

"Nós estamos profundamente tristes por saber da notícia trágica sobre o Bryce. Sou grato que nossos caminhos tenham se cruzado na vida. Bryce era um jogador apaixonado e talentoso que viveu o sonho de jogar na NBA através de muito trabalho e perseverança. É um dia inacreditavelmente triste para mim e todos na Universidade Estadual de Iowa. Nossos pensamentos e orações estão com a família de Bryce."

A polícia de Dallas enviou um comunicado ao jornal "Des Moines Register", no qual diz que um morador da cidade afirma ter atirado em Dejean-Jones por ele ter invadido seu apartamento:

"Quando os policiais chegaram ao local descobriram que uma pessoa tinha sido baleada. O morador do [apartamento] disse que um indivíduo tinha arrombado a porta da frente e entrado em seu apartamento. O morador, que estava dormindo no quarto, ouviu o indivíduo e pegou a arma. Ele então começou a chamá-lo, mas não foi respondido. Como o indivíduo chutava a porta do quarto, o morador disparou a arma. O indivíduo deixou o apartamento e caiu no pátio do prédio. Foi então transportado ao hospital local, onde morreu por causa das lesões."

Basquete