Topo

Basquete


Basquete masculino vai disputar Jogos Pan-Americanos sem técnico Magnano

Rubén Magnano não estará com a seleção brasileira masculina de basquete no Pan do Canadá - AFP/Maxi Failla
Rubén Magnano não estará com a seleção brasileira masculina de basquete no Pan do Canadá Imagem: AFP/Maxi Failla

Karla Torralba

Do UOL, em Franca (SP)*

07/03/2015 06h00

A seleção masculina de basquete vai disputar os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, sem o seu treinador Rubén Magnano. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) já definiu como será o planejamento.

Rubén Magnano avisou ao presidente da CBB Carlos Nunes que não poderá estar presente no Pan. O motivo é a mudança do treinador da seleção brasileira de basquete masculino de São Paulo para o Rio de Janeiro. "Ele nos avisou que está programando a mudança e que não tem como trocar a data", explicou Nunes ao UOL Esporte.

Os Jogos Pan-Americanos acontecem de 10 a 26 de julho de 2015. Sem Magnano, José Neto, auxiliar do treinador na seleção e técnico do Flamengo, deve comandar o Brasil na competição.

Por outro lado, em quadra, o Brasil terá força total. "Vamos ter todos os melhores jogadores. Ainda temos que conversar a liberação dos atletas da NBA, mas a intenção é mandar todos", contou Carlos Nunes.

Havia a possibilidade da seleção não ir ao Canadá com os seus principais atletas para poupar jogadores. 

O mesmo acontece com o Campeonato Pré-Olímpico, disputado entre 25 de agosto e 8 de setembro. Por ser o país-sede, o Brasil não iria com força total em caso da confirmação do convite da FIBA (Federação Internacional de Basquete) para os Jogos Olímpicos do Rio. O convite só sairá, e se acontecer, em junho de 2015.

Sem a confirmação da vaga olímpica via convite, o Pré-Olímpico também será disputado com o que a seleção tem de melhor.  "Para mim a vaga está certa, mas vamos disputar o Pré-Olímpico, o planejamento já está fechado contando a competição até 2016. Mas o Brasil vai estar nas Olimpíadas, não tem chance de não estar", ressaltou o presidente.

No masculino, as duas melhores seleções do Pré-Olímpico garantem vaga para as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Já na seleção feminina, o técnico Luiz Augusto Zanon irá comandar as meninas tanto no Pan-Americano quanto no Pré-Olímpico. O time irá com a força máxima nas duas competições.

*A repórter viaja a convite do Bradesco