PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Jogadores do Clippers protestam contra declarações racistas de dono do time

25.abr.2014 - O Los Angeles Clippers devolveu a derrota sofrida em casa e venceu o Golden State Warriors por 98 a 96 - EFE/John G. Mabanglo
25.abr.2014 - O Los Angeles Clippers devolveu a derrota sofrida em casa e venceu o Golden State Warriors por 98 a 96 Imagem: EFE/John G. Mabanglo

Do UOL, em São Paulo

27/04/2014 18h23

As alegadas declarações racistas de Donald Sterling, dono dos Los Angeles Clippers, foram respondidas com um protesto de seus próprios jogadores antes de uma partida da NBA neste domingo.

No aquecimento antes de enfrentar o Golden State Warriors, os atletas do Los Angeles se reuniram no centro da quadra e se despiram de seus uniformes, depositando-os no chão.

Eles continuaram a preparação com camisas vestidas ao contrário de maneira que não se mostrassem os símbolos da equipe.

As declarações creditadas a Sterling (de que por exemplo, ele não gostaria de ver negros nas arquibancadas dos jogos do time) foram alvo de repúdio de várias personalidades ao longo de todo o fim de semana.

Basquete