PUBLICIDADE
Topo

Dono de franquia da NBA diz que pode fazer teste com garota famosa por enterrar

Brittney Griner é famosa por ser uma das poucas mulheres que enterram no basquete - Tony Gutierrez/AP
Brittney Griner é famosa por ser uma das poucas mulheres que enterram no basquete Imagem: Tony Gutierrez/AP

Do UOL, em São Paulo

03/04/2013 07h49

O Dallas Mavericks, equipe da NBA, é conhecido por ter o dono mais polêmico entre todas as franquias da liga. Mark Cuban, um excêntrico bilionário que acompanha todos os jogos da equipe gritando como se fosse um torcedor qualquer, gosta de aparecer e inovar. E, agora, pode tornar sua equipe a primeira a testar uma mulher entre os homens da principal liga de basquete do mundo.

Segundo Cuban, ele pode chamar para testes a pivô Brittney Griner, principal nome do basquete universitário feminino dos EUA e famosa por ser uma das poucas mulheres no mundo que conseguem enterrar durante uma partida.

Griner sairá da universidade de Baylor neste ano e se inscreverá para o draft (processo de seleção de jogadores novatos) da WNBA, a liga feminina de basquete do país, mas pode, antes disso ser testada entre os homens.

“Se ela pode jogar, nós a escolheremos na segunda rodada do draft. Eu não me importo”, afirmou Cuban em entrevista para a imprensa americana. “Se ela é a melhor no garrafão, nós a escolheremos. Se nós tivermos a 60ª e última escolha, nós a chamaremos”, continuou o dono dos Mavs.

Como tudo que Cuban fala sobre a NBA é tratado com um “pé atrás” pela imprensa, em razão de seu jeito polêmico, é claro que pode se tratar de uma piada. Mas ele afirma que é verdade.

“Já pensei sobre isso. Se eu faria isso? No momento, a resposta é sim, só para ver se ela pode jogar entre os homens. Você nunca saberá até dar uma chance. Se nós a testarmos antes do draft, eu não teria problemas em convidá-la. Nenhum problema”, completou.

Caso Griner realmente seja testada pelos Mavs, e selecionada pela equipe no draft, ela deve participar das Ligas de Verão, série de amistosos antes da temporada da NBA em que equipes jogam praticamente só com reservas e novatos.

  • O bilionário e polêmico Mark Cuban é o dono do Dallas Mavericks

No Twitter, a jogadora respondeu a Cuban: “Eu aceitaria. Vamos lá”. Agora, basta aguardar o final da temporada atual da NBA para saber até que ponto isso é verdade.

Mas não seria uma novidade por completo: em 1979, o Indiana Pacers assinou contrato com Ann Meyers Drysdale, considerada à época uma das estrelas da seleção americana. A jogadora, porém, acabou não sendo aproveitado na equipe que acabou sendo inscrita na liga.

Brittney Griner disputou as Olimpíadas de Londres pela seleção dos EUA e voltou com a medalha de ouro para casa.

Basquete