PUBLICIDADE
Topo

Republicanos anuncia Damares Alves como pré-candidata ao Senado pelo DF

Damares Alves, ex-ministra do governo Bolsonaro, concorrerá ao Senado - MMFDH
Damares Alves, ex-ministra do governo Bolsonaro, concorrerá ao Senado Imagem: MMFDH

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/04/2022 20h02Atualizada em 25/04/2022 20h33

O Partido Republicanos anunciou o nome de Damares Alves, ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, para concorrer ao Senado pelo Distrito Federal no pleito deste ano. A pré-candidatura de Damares está sendo divulgada em um evento do partido realizado na noite de hoje na sede da legenda, em Brasília.

"A definição pelo Senado foi avaliada como sendo a melhor escolha para o partido após reunião conjunta realizada pela Executiva do Republicanos e os principais nomes da legenda para a disputa das eleições de outubro", afirmou a sigla em nota veiculada na tarde de hoje.

O evento de hoje, definido pelo partido como de "boas-vindas à ex-ministra", contará com a presença de deputados federais e distritais, Wanderley Tavares, presidente do Republicanos no Distrito Federal, e autoridades locais.

Apesar do anúncio, a legenda partidária comunicou que o lançamento oficial da pré-candidatura de Damares Alves "ocorrerá em data a ser divulgada posteriormente".

Damares publicou o anúncio do evento da sua candidatura em seu Instagram. "É HOJE!!! O @republicanos10 lançará minha pré-candidatura ao Senado pelo Distrito Federal! Ore por mim e por este projeto que é um projeto de todos nós!"

O anúncio da sigla ocorre quase um mês após Damares se filiar ao Republicanos, em 28 de março, ao lado do ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que deve disputar o governo de São Paulo, e da atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que substituiu Damares, Cristiane Britto.

A expectativa inicial era que Damares disputasse as eleições para a Câmara ou Senado pelo Amapá, no entanto, dias após a sua filiação ao Republicanos, ela mudou o domicílio eleitoral para o Distrito Federal. Com a alteração, a ex-governista será obrigada a disputar ao cargo eletivo na capital da República.

Em filiação, Damares repetiu frases polêmicas

Durante a filiação, os ministros Tarcísio Freitas e Damares Alves foram presenteados com uma camisa do Republicanos, sendo que a do ministro foi azul e a da ministra, rosa.

Ao perceber esse detalhe, Damares não escondeu a felicidade e celebrou: "No Republicanos, menino veste azul e menina veste rosa", afirmou, repetindo uma de suas falas mais polêmicas quando estava à frente do ministério.

Na ocasião, Damares ainda disse estar "honrada" por se filiar ao Republicanos, um "partido conservador" que preza por "Deus, pela pátria, família e liberdade".