PUBLICIDADE
Topo

Derrotado nas prévias do PSDB, Virgílio defende candidatura de Doria

 Arthur Virgílio Neto e João Doria (com microfone) - Luis Bianco/Equipe JD/Divulgação
Arthur Virgílio Neto e João Doria (com microfone) Imagem: Luis Bianco/Equipe JD/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

31/03/2022 16h50

Após não ser selecionado como o candidato à Presidência pelo PSDB, o político Arthur Virgílio Neto, ex-prefeito de Manaus, defendeu hoje, 31, a candidatura de João Doria (PSDB), o ganhador das prévias do partido. Virgílio expressou sua opinião em entrevista ao canal CNN sobre a possibilidade do tucano paulista desistir da corrida para presidente.

"Repito o que Serra e Fernando Henrique falaram, ele ganhou as prévias? Então isso é legítimo ou não? Gastamos não sei quantos milhões de reais para fazer as prévias, isso é legítimo ou não?", questionou o amazonense, adicionando: "Então, a gente vai anular as prévias para o Eduardo, que ia sair? Ele não saiu porque? Porque ama o PSDB, como eu amo, ou não saiu porque ele quer ser candidato a qualquer preço?".

Arthur Virgílio cita o nome de Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul, pois este renunciou seu cargo e é selecionado como um possível candidato à Presidência por uma seção do partido, especialmente devido ao resultado de Dória nas pesquisas eleitorais até agora.

O ex-prefeito de Manaus, após explicitar sua felicidade por Leite manter-se no PSDB, apontou que continua apoiando o paulistano: "Por que que o Doria não disputaria? Por que você tiraria o Doria para disputar uma outra pessoa com resultados duvidosos?". Ainda assim, criticou o fato de João Doria ter considerado a desistência.

"[Anunciar a possibilidade de desistência] seria uma estratégia errada, porque ninguém abre espaço para ser contestado. Eu não considero que seja uma coisa muito inteligente", opinou.