PUBLICIDADE
Topo

Estudantes da USP Ribeirão Preto auxiliam 100 famílias em ação contra covid

Ação realizada por estudantes da USP Ribeirão Preto auxilia mais de 100 famílias - Divulgação
Ação realizada por estudantes da USP Ribeirão Preto auxilia mais de 100 famílias Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

16/08/2021 06h00

Estudantes da USP Ribeirão Preto (SP) criaram um projeto de Extensão Solidária com atividades que envolvem a comunidade fora do Campus Universitário. Durante a pandemia, o grupo entregou mais de 200 kits de limpeza e de prevenção contra a covid-19 para mais de 100 famílias nos bairros Parque Ribeirão e Jardim Progresso e coletou dados dos moradores para mensurar as demandas da comunidade para iniciativas futuras.

Chamada "Coronavírus não entra em casa", a ação foi realizada aos finais de semana nos meses de abril a julho. "A comunidade abraçou muito bem a iniciativa, inclusive as famílias que destacaram suas necessidades, e as crianças, que sentiram a falta das atividades presenciais", conta Giovanna Lopes de Souza, 19 anos, estudante do 3º ano de administração na FEARP-USP.

Giovanna e outros 17 alunos dos cursos de administração (FEARP), enfermagem (EERP), Terapia Ocupacional (FMRP) e Psicologia (FFCLRP), todos do campus da USP Ribeirão Preto, fazem parte do grupo de Extensão Solidária, que conta ainda com cerca de 100 voluntários, entre alunos e ex-alunos, que atuam esporadicamente em algumas ações e atividades do projeto.

"A ação foi feita pensando nas dificuldades enfrentadas pelas famílias das comunidades que passaram a ser as mais afetadas no período pandêmico", conta a estudante. "Poder ajudar essas pessoas não só com as doações, que são de extrema importância, como também doando nosso tempo para escutar as crianças, e mostrar um pouco do que aprendemos na universidade por meio de brincadeiras, atividades e oficinas, é um grande aprendizado."

Cada kit de limpeza e prevenção contra a covid contém 1 água sanitária de 1 litro, 4 máscaras, 2 sabonetes em barra (90 g), 1 álcool em gel (500 ml) ou spray higienizador (100 ml), 1 álcool líquido (200 ml) e 1 flanela de limpeza. Ao todo foram distribuídos 240 kits. Os recursos utilizados na ação foram obtidos por meio do Edital de Empreendedorismo Social da PRCEU (Pró Reitoria de Cultura e Extensão Universitária), que contemplou o projeto em 2019.

Cestas básicas

Para o segundo semestre, o grupo planeja se organizar para realizar a entrega de cestas básicas para as famílias que sinalizaram dificuldade durante a ação "Coronavírus não entra em casa", "e buscaremos parcerias e ações de arrecadação de fundos para realizar mais uma ação especial no dia das crianças", conta Giovanna.

Antes da pandemia, o projeto mantinha suas atividades aos domingos na comunidade do Parque Ribeirão, dentro do Centro Social Marista que sedia o espaço para as atividades, cujos temas eram inspirados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.