Topo

Receitas


Escoceses criam "cerveja de protesto" contra Vladimir Putin

Cerveja "Hello, My Name is Vladimir", da companhia escocesa Brew Dog - Divulgação
Cerveja "Hello, My Name is Vladimir", da companhia escocesa Brew Dog Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/02/2014 16h09

Uma cervejaria escocesa resolveu protestar contra o presidente da Rússia, Vladimir Putin, com bom humor -e algumas garrafas de cerveja enviadas diretamente para a sede do governo em Moscou.

A Brew Dog, instalada no norte da Escócia, criou a cerveja "Hello My Name is Vladimir" ("olá, meu nome é Vladimir", em inglês), do tipo IPA. No rótulo, o presidente russo aparece maquiado em uma imitação dos quadros do norte-americano Andy Warhol. 

Para ampliar o protesto, a empresa enviou caixas da bebida para o Kremilin, sede do governo russo, além das embaixadas do país em Londres e em Edinburgo -todas devidamente embrulhadas com reproduções do rótulo da bebida. "Como estampamos um aviso 'não é para gays' na garrafa, acho que escapamos da lei contra a propaganda homossexual", explicou James Watt, um dos donos da Brew Dog, em entrevista à BBC. 

O Parlamento russo aprovou no ano passado uma lei que proíbe a "propaganda homossexual", texto considerado discriminatório por entidades de defesa dos direitos humanos. O país também proíbe a adoção de crianças russas por casais gays, ou por pessoas de países onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo seja permitido.

De acordo com Watt, 50% do lucro obtido com a venda da bebida será doado para instituições que combatem a discriminação contra minorias. A cerveja está disponível para compra online no site da empresa. Ainda não há previsão para o lançamento da bebida no recém-inaugurado bar da Brew Dog em São Paulo.

Mais Receitas