PUBLICIDADE
Topo

Galvão e o adeus da TV Globo: 5 carros marcantes na carreira do narrador

Galvão "dirige" carro virtual da Fórmula 1 no programa "Bem, Amigos!" (SporTV); veja outros momentos automotivos na sua carreira - Reprodução/SporTV
Galvão 'dirige' carro virtual da Fórmula 1 no programa 'Bem, Amigos!' (SporTV); veja outros momentos automotivos na sua carreira Imagem: Reprodução/SporTV

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/03/2022 04h00

Galvão Bueno anunciou ontem (24) que deixará a narração na TV Globo depois da Copa do Mundo do Qatar, quanto termina seu contrato com a emissora. Ele acrescentou que negocia futuros projetos em outras plataformas do Grupo Globo, mas encerra uma trajetória de 41 anos na emissora com maior audiência do Brasil.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Neste fim de ciclo, UOL Carros relembra cinco vezes nas quais os carros foram de alguma forma marcantes na vida e na carreira de Galvão.

Carona em carro de Fórmula 1

Galvão Bueno carona carro de Fórmula 1 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Ao lado de Reginaldo Leme, seu parceiro nas transmissões da Fórmula 1 na TV Globo, Galvão Bueno ganhou em 2012 uma "carona" em um carro de Fórmula 1 modificado.

Durante anos, a categoria teve um carro especial feito para levar convidados e celebridades para passeios na pista.

O carro era mais largo e tinha três lugares, sendo dois atrás do piloto, que continuava centralizado no cockpit do bólido. No caso, o carro foi conduzido por Luciano Burti.

Fórmula 1 na garagem

Galvão Bueno tinha uma amizade próxima com Ayrton Senna.

Se não foi presenteado ou teve um carro original do tricampeão mundial na garagem da sua casa, como tem Bernie Ecclestone na parede do seu escritório, Galvão deu um jeito de marcar seu carinho e homenagear Senna.

Ele adquiriu uma réplica em tamanho real do McLaren MP4/4 que o piloto dirigiu pela marca inglesa. O carro, feito pelo artista Adhemar Cabral, custa R$ 120 mil. A pedido, o estúdio de Cabral está produzindo outro exemplar, inspirado na Williams conduzida por Senna em 1994.

Carona com Cacá Bueno

Caca e Galvão Bueno - Bruno Terena/ RF1 - Bruno Terena/ RF1
Imagem: Bruno Terena/ RF1

O amor pelo automobilismo de Galvão foi "herdado" por seus filhos Cacá e Popó, que se tornaram pilotos profissionais.

Cacá teve mais sucesso e é um dos maiores nomes da Stock Car Brasil, além de ter liderado provas internacionais.

Mas uma coisa que Cacá nunca tinha tido a oportunidade de fazer era levar seu pai de carona em um dos seus carros. Isso aconteceu em 2017, quando Cacá chegou a 250 km/h com o pai no circuito de Londrina, no Paraná.

VW Jetta GLi

Como membro do time de jornalistas esportivos da TV Globo, Galvão não era autorizado a fazer merchandising. Quando a área de esportes migrou para o entretenimento, o narrador teve a oportunidade de fazer sua primeira ação comercial na emissora em 2019.

Ele foi escolhido para aparecer em um quadro no qual dirigia o sedã esportivo VW Jetta GLi e "dava carona" a celebridades do esporte nacional.

O sedã receberá ainda neste ano uma reestilização, mantendo o motor 2.0 turbo a gasolina de 230 cv e o câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades. O carro vai de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e atinge a máxima de 250 km/h.

Galvão e o LamborgUno

LamborgUno Edimar Goulart comercial Postos Petrobras - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Em uma segunda aparição comercial, Galvão dá voz a uma série de comerciais dos postos da BR/Petrobras. Em episódio veiculado no ano passado, ele fez "tabelinha" com o LamborgUno, um carro criado no quintal de casa que, usando a base de um Fiat Uno, inspira-se visualmente em um Lamborghini.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros