PUBLICIDADE
Topo

Reboques ilegais: 5 carros que são proibidos de usar um engate

Chevrolet Onix e Onix Plus 2020 - Divulgação
Chevrolet Onix e Onix Plus 2020 Imagem: Divulgação

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/01/2022 04h00

Engate e carretinha é uma mania nacional. O primeiro porque muitos donos de carros acreditam que ele serve para proteger seu para-choque em caso de acidentes. Já o segundo é popular devido à necessidade de espaço extra para carregar coisas. É importante, porém, saber que nem todo veículo tem permissão para fazer reboque.

De acordo com a resolução 197/06 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), só podem utilizar reboques carros que tenham a capacidade máxima de tração declarada pelo fabricante ou importador.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

No caso, essa declaração sobre reboque ou não está no manual de instruções de cada carro e serve para alertar os proprietários e evitar uma multa.

Usar reboque em carros que não são homologados pelas próprias marcas para esse uso é infração de acordo com o inciso XII do artigo 230 do Código Nacional de Trânsito (CTB), que legisla sobre uso de acessório ou equipamento proibido. Nesse caso, é infração grave com 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e com multa de R$ 195,23.

Para que você não caia nessa roubada e seja pego desprevenido sem saber se pode ou não usar o seu carro para rebocar, o UOL Carros mostra cinco modelos que são proibidos de serem utilizados para este fim.

Volkswagen Up! Xtreme 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Volkswagen up!

Apesar de ter sido descontinuado no mercado em 2021, o compacto da Volkswagen ainda é muito querido no mercado de usados e tem muitos exemplares rodando por aí. Se você estiver pensando em sair rebocando algo com seu up!, pode esquecer - tanto na versão aspirada quanto na turbo (TSI).

Chevrolet Onix 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Chevrolet Onix e Onix Plus

O carro que foi líder de mercado por seis anos (e em 2021 perdeu a primeira colocação para a Fiat Strada) também é outro que não pode ser usado como reboque.

No manual da gama de compactos, tanto para o hatch quanto para o sedã, há o alerta de que é proibido usar o carro para rebocar. "Este veículo não está apto a receber engate traseiro e, desta forma, tracionar reboques", diz o manual.

Toyota Corolla 2019 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Toyota Corolla (até 2019)

Assim como o up!, as unidades do Corolla fabricadas até 2019 não têm permissão para rebocar, já que não foram homologadas para tal.

Está certo isso não é válido para os modelos produzidos atualmente, mas muitos dos exemplares antigos (fabricados entre 2014 e 2019) seguem na lista dos mais procurados do mercado de usados e seminovos.

Também vale lembrar que outros carros da marca, como Yaris, Etios, Camry e até o RAV4, também não são homologados para este fim.

Honda HR-V 2021 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

HR-V e outros Honda

Toda a linha da Honda no Brasil não tem homologação para reboques - ou seja: donos de Honda Civic não poderão fazer piadinha com os proprietários de Corolla.

O mesmo ocorre com Fit, City, HR-V e até mesmo com o SUV médio-grande CR-V ou o sedã executivo Accord.

Nissan Kicks 2022 - Simon Plestenjak/UOL - Simon Plestenjak/UOL
Imagem: Simon Plestenjak/UOL

Nissan Kicks

A Nissan tem apenas um produto homologado para fazer reboque, a picape Frontier. No outro extremo está o carro-chefe da companhia, o Kicks. O SUV, porém, não está sozinho na lista dos veículos proibidos de carregarem reboques. Outros carros comercializados por aqui, como Sentra, V-Drive, March e a nova geração do Versa, também não podem usar o recurso.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.