PUBLICIDADE
Topo

Neto e seu Fusca: como o craque turbinou o carro que já foi de Datena

José Antonio Leme

do UOL, em São Paulo (SP)

01/07/2021 04h00

Ex-jogador e apresentador da Band, Neto postou nas redes sociais seu novo xodó, um Volkswagen Fusca 1962 todo modificado. Antes de chegar às mãos do ídolo do Corinthians, o modelo pertenceu a José Luiz Datena, seu colega de emissora.

Nas mãos do ex-jogador, o modelo ficou do jeito que ele gosta: personalizado. O Fusca que originalmente tinha motor 1.200 cm³ com sistema de 6 volts teve o propulsor substituído por outro com 1.500 cm³ com sistema de 12 volts, mais moderno.

Além do novo motor, maior e mais potente, ele também foi preparado e recebeu um turbo de geometria fixa. Ainda recebeu novo ajuste de carburador, com maior vazão, uma embreagem nova e mais resistente.

De acordo com o Marcelo "Loro", da Loro preparações, que fez toda a parte mecânica do novo Fusca de Neto, o carro agora entrega cerca de 100 cv de potência.

A oficina é especializada em preparação mecânica, seja aspirada ou turbo, de motores a ar de Fusca e seus derivados, como Kombi, Brasilia e SP2, entre outros.

No caso do Fusca de Neto, além da instalação do turbo e novo ajuste com as melhorias, eles refizeram boa parte do motor e também a finalização visual do cofre na parte traseira do veículo.

"A ideia era deixar o mais próximo do original possível, por isso pintamos toda a área do cofre de branco, que antes tinha cores diferentes para o bloco e a cobertura do motor", diz Marcelo.

O visual descolado também foi resultado das mudanças que Neto fez no Fusca após comprá-lo de Datena. "O teto solar de lona, no estilo Rag Top, todo o interior com nova forração na cor vinho, tudo foi ele que escolheu", diz Loro.

Completa o estilo da "Fuqueta" do Neto a suspensão rebaixada, a soleira na cor do interior e também as rodas de tala larga, um acessório muito comum já nos anos 70 e 80 para quem queria dar estilo próprio ao seu Fusca.

Neto ainda fez toda a funilaria do carro, especialmente na dianteira, onde precisou "puxar a frente" do Fusca para alinhar toda a área.

Neto e seu primeiro VW Fusca - Reprodução/Instagram @neto10 - Reprodução/Instagram @neto10
Imagem: Reprodução/Instagram @neto10

Neto é amante de Fuscas

Além do novo xodó que habitará a garagem do ex-atleta, ele tem um outro Fusca, também estilizado. Mais novo, este veículo tem rodas de liga leve com pneus esportivos e já dos últimos anos da primeira safra, com motor 1.600 cm³.

O "Fuscão Preto" de Neto não esta turbinado e mantém a mecânica original, passando apenas por revisões e acerto de carburação com o mesmo mecânico que fez o novo VW do apresentador.

Neto "herdou" Twingo do Boechat

Recentemente ele também foi presenteado com o Renault Twingo azul que pertencia ao jornalista Ricardo Boechat. Colegas de emissora, Neto tentou comprar o carro da viúva de Boechat, Veruska, mas acabou ganhando de presente o simpático compacto francês que era do amigo.

Apesar de, às vezes, postar fotos com seu Fusca preto no pátio da emissora, no dia a dia Neto prefere algo mais confortável, como um Land Rover.

Neto e seu primeiro VW Fusca - Reprodução/Instagram @neto10 - Reprodução/Instagram @neto10
Imagem: Reprodução/Instagram @neto10

Fusca 1962 original pode chegar a R$ 70 mil

De acordo com José Paulo Parra, antigomobilista e especializado em comércio e importação de antigos, um exemplar com "nível A" de originalidade, ou seja, um 1962 com motor original e o mínimo de restauro possível varia entre R$ 60 mil e R$ 70 mil.

Ele alerta que, apesar da pedida parecer elevada, o carro estabilizou em preços nos últimos anos. "A bola da vez entre os Fuscas são os modelos da série entre 1993 e 1996, os Fusca "Itamar", como o de Sandra Annenberg e Ernesto Paglia.

No caso de um modelo personalizado, como que Neto fez, o céu é o limite de gastos. "Um modelo personalizado como do Neto não tem tanto valor no mercado de antigos, mas a pessoa pode gastar o quanto quiser em melhorias e modificações", diz.

É possível encontrar Fuscas com modificações semelhantes a que Neto realizou no seu novo exemplar, por cerca de R$ 30 mil no mercado, afirma Parra.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.