PUBLICIDADE
Topo

Piada? Mudança de nome da Volkswagen dos EUA era mentira de 1º de abril

Segundo porta-voz da empresa, mudança de nome da Volks nos EUA não passou de uma brincadeira - Divulgação
Segundo porta-voz da empresa, mudança de nome da Volks nos EUA não passou de uma brincadeira Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

30/03/2021 20h35

Voltswagen? A mudança de nome da Volkswagen nos Estados Unidos não passou de uma tentativa de ser engraçado. A alteração, publicada no site oficial da montadora e anunciada em um comunicado da marca, era uma brincadeira de aquecimento do Dia da Mentira, em 1º de abril.

De acordo com a agência Associated Press (AP), o porta-voz da marca, Mark Gillies, confirmou nesta terça-feira que o comunicado era uma piada. Um dia antes, o mesmo representante da empresa foi questionado por jornalistas e afirmou que o anúncio era legítimo - e sério.

A proximidade do inusitado comunicado com o Dia da Mentira gerou desconfiança no mundo todo. No início desta terça, o UOL Carros entrou em contato com os responsáveis pela marca no Brasil, que não quiseram comentar a suposta mudança.

Piadas e notícias falsas no Dia da Mentira costumam ser comuns em diversos países, mas é incomum que uma marca anuncie tal conteúdo com dias de antecedência - e menos ainda que sustente tal brincadeira diante dos questionamentos sérios da imprensa.

A intenção da Volkswagen dos Estados Unidos com o tom descontraído é tentar melhorar a imagem da empresa junto ao público após o escândalo de 2015, em que a marca fraudou testes de emissões e permitiu que 11 milhões de veículos a diesel poluíssem ilegalmente o ar.

O episódio, que ficou conhecido como Dieselgate, rendeu US$ 35 bilhões multas e acordos civis à empresa, além de provocar o recall de milhões de veículos.

De acordo com a AP, a brincadeira da Volkswagen dos Estados Unidos pode trazer novos problemas com as autoridades reguladoras norte-americanas, já que as ações da empresa subiram quase 5% nesta terça-feira como resultado do falso anúncio.