PUBLICIDADE
Topo

Cientistas criam maneira de fazer combustível sintético a partir do ar

Posto de combustíveis no Rio de Janeiro (RJ) - SERGIO MORAES
Posto de combustíveis no Rio de Janeiro (RJ) Imagem: SERGIO MORAES

Do UOL

Em São Paulo (SP)

14/01/2021 14h52

Um artigo publicado no jornal acadêmico Nature Communications diz que cientistas chineses podem ter encontrado uma maneira limpa de remover CO2 da atmosfera gerando metanol sintético a partir disso.

A publicação descreve um processo que utiliza a mudança da temperatura ambiente ao longo de um dia para gerar eletricidade, usada para combinar o dióxido de carbono do ar com água para produzir metanol.

Este processo pode ser de grande valia, com as excessivas emissões de CO2 pelo mundo.

No entanto, isso não é tão fácil. O maior obstáculo para fazer metanol a partir da hidrogenação do CO2 são as temperaturas, de 200 a 260°C. Temperaturas altas assim consumem energia, o que torna mais difícil de chegar a um processo carbono neutro ou negativo.

Entretanto, o estudo em questão faz isso usando a temperatura atmosférica normal. Nanoplacas 2D com tungstato de bismuto em camadas foram utilizadas para aproveitar o ciclo de temperatura do dia para a noite. Com isso, o metanol - que é gerado em uma faixa de 15°C a 71°C - é produzido.

Desta forma, o processo poderia ser feito em qualquer lugar do mundo. De acordo com o estudo, "o rendimento de metanol pode chegar a 55,0 ?mol?g ? 1 depois de experimentar 20 ciclos de variação de temperatura".

Assim, "a rota de redução de CO2 catalítica piroelétrica eficiente fornece um caminho para a utilização da variação de temperatura diurna natural para a economia futura de metanol."