PUBLICIDADE
Topo

Carrinhos de rolimã apostam em nostalgia para aproximar pais e filhos

Mulek de Rua fez rolimã especial em homenagem a Ayrton Senna - Divulgação
Mulek de Rua fez rolimã especial em homenagem a Ayrton Senna
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/11/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Febre no passado, carrinhos de rolimã atraem crianças e adultos
  • Mulek de Rua surgiu em 2014 e também vende produtos como piões e pipas
  • Carrinhos partem de R$ 249,99 e já houve até edição de Ayrton Senna

Foi-se o tempo em que a rua era um bom lugar para as crianças brincarem sem preocupações. Junto com o aumento da violência nas últimas décadas, algumas brinquedos de antigamente quase foram esquecidos.

Um deles, porém, voltou com força e diverte crianças e adultos: é o carrinho de rolimã.

Uma das empresas que aposta no sentimento de nostalgia é a Mulek de Rua. Apesar de contar com uma linha de brinquedos tradicionais na infância de muita gente (como jogos de taco, petecas e piões), os carrinhos de rolimã são, com o perdão do trocadilho, o carro-chefe.

"Sou skatista e minha filha precisava fazer um trabalho de escola. Ela foi falar com meu pai e ele fez um carrinho de rolimã. Só que todo mundo curtiu quando fui com ela no parque e pensei que podia ser o momento certo para investir nisso", conta Márcio Fernandes, fundador da Mulek de Rua.

Como nos velhos tempos

Rolimã Mulek de Rua - Divulgação - Divulgação
Modelos mais baratos saem por R$ 249,99
Imagem: Divulgação

Os carrinhos partem de R$ 249,99 e podem ser comprados prontos ou na forma de um kit, que deve ser montado por um adulto antes de ser entregue à criança.

Existem alguns modelos mais elaborados, que trazem banco revestido em corvin, alças para as mãos e freios laterais. Estes são vendidos por R$ 299,99.

Marcio diz que os preços são menores se a compra for feita na loja, que fica no bairro do Ipiranga, em São Paulo (SP).

É possível também personalizar o visual dos carrinhos. Neste caso, porém, o tempo de produção é um pouco maior.

Rolimã com história

Rolimã Senna - Divulgação - Divulgação
Edição especial tinha mesma pintura do capacete de Senna
Imagem: Divulgação

Em setembro de 2016, a Mulek de Rua lançou um carrinho de rolimã para celebrar os 25 anos da primeira vitória de Ayrton Senna no GP do Brasil.

Fruto de uma parceria com o Instituto Ayrton Senna, o produto trazia as cores imortalizadas no capacete do tricampeão mundial de Fórmula 1. Não por acaso, a pintura de cada carrinho ficou a cargo da Sid Special Paint, empresa fundada por Sid Mosca, responsável por pintar todos os capacetes de Ayrton. Hoje quem realiza os trabalhos é seu filho, Alan.

"A família do Senna nos disse que, se não fosse o rolimã, ele não teria chegado onde chegou", revela Márcio.

Foram produzidos apenas 25 carrinhos, acompanhados de um certificado de autenticidade do Instituto Ayrton Senna. Na ocasião, o preço era de R$ 1.500, sendo que 10% do valor foi destinado ao instituto mantido pela família de Ayrton.

Relação entre pais e filhos

A Mulek de Rua também realiza eventos e ações sociais.

Entre as iniciativas estão aniversários e eventos em locais como o Parque de Independência, em São Paulo, onde existe um espaço apropriado para a prática do esporte.

No caso dos eventos, realizados com o apoio da Prefeitura de São Paulo, Marcio afirma que o público médio era de 5 mil a 10 mil pessoas antes da pandemia.

Márcio também organiza ações em escolas e outros locais, nas quais as crianças aprendem a confeccionar seu próprio brinquedo juntamente com os pais.

"Muita gente me agradece porque voltou a ter mais tempo com os filhos. Hoje a família é o pai no sofá e o filho no quarto. O lazer no shopping é legal, mas o parque é um santuário onde você pode gastar energia. Eu acho que o esporte está no fim porque a molecada está muito envolvida com tecnologia e celular. Hoje as quadras das escolas estão vazias e isso serve como alerta para nós", conclui.

Mulek de Rua

Endereço: Rua Bom Pastor, 509 - Ipiranga - São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2574-1919

Horário de funcionamento: de 3ª a domingo, das 9h às 17h