Topo

Testes e lançamentos


Toyota confirma nome e visual: Novo Corolla Hybrid chega em outubro

Hotsite criado para Novo Toyota Corolla leva a cadastro de informações - Reprodução
Hotsite criado para Novo Toyota Corolla leva a cadastro de informações
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/06/2019 09h56

Resumo da notícia

  • Toyota criou hotsite para informações sobre o sedã
  • De forma sucinta, página confirma nome, visual e motorização
  • Modelo terá motor 1.8 híbrido flex
  • Preço ainda é complicador: marca tenta versão abaixo de R$ 100 mil

A Toyota do Brasil colocou no ar um hotsite para cadastro de interessados em ter informações sobre a nova geração do Corolla. Bastante simples, o www.novocorolla.com.br tem apenas uma imagem, dois logotipos e um menu em barra para cadastro de informações. Mas revela detalhes finais sobre o modelo médio que chega às lojas brasileiras no final do terceiro trimestre, em outubro.

De cara, a mais simples das suposições acaba sendo confirmada: a Toyota vai trabalhar com o nome Novo Corolla. Nada de usar o prefixo "New", em inglês, estratégia que poderia ser confundida com a utilizada pela rival Honda ("New Civic", "New Fit"...). Tampouco "Corolla 2020" ou "2021", por exemplo.

Por fim, há uma imagem trabalhada no computador, em silhueta, destacando apenas linhas de farol e o logo da Toyota. Parece pouco, mas isso confirma visual e motorização que UOL Carros revelou em primeira mão há vários meses.

Estilo será semelhante ao da especificação europeia do Corolla Sedan, antecipada ainda em feira chinesa em 2018 e revelada na Turquia no começo da temporada. A dupla guia de luz em LED do conjunto óptico confirma isso.

Já o logo azulado é aquele utilizado na versão com motorização híbrida, que será o grande diferencial do Novo Corolla para a atual geração e também para os rivais.

Novo Corolla já roda no Brasil desde o começo do ano, na fase final de adaptação - Murilo Góes/UOL
Novo Corolla já roda no Brasil desde o começo do ano, na fase final de adaptação
Imagem: Murilo Góes/UOL

Híbrido joga preço no alto

Conforme UOL Carros apontou, a Toyota terá ao menos uma configuração híbrida de cada um de seus modelos chegando ao mercado nos próximos anos. O primeiro foi o novo RAV4 de 222 cavalos e R$ 166 mil. Agora é a vez do Corolla e, depois, de Hilux e SW4. Mas espera-se que toda a linha tenha algum avanço até 2025.

Enquanto o mercado trabalha com motores com turbo (flex ou apenas a gasolina) ligados a câmbios automático ou CVT, a Toyota vai motor flex integrado a motor elétrico para ter maior eficiência, mais um novo tipo de câmbio CVT.

No caso do Corolla, teremos o 1.8 híbrido flex, projeto adaptado em relação ao motor existente atualmente no Toyota Prius para usar tanto gasolina, quanto etanol, como auxiliar do motor/gerador elétrico. Além dele, haverá também novo motor 2.0 puramente a combustão.

E o atual 2.0 flex deverá ser mantido para segurar o preço de uma versão entre R$ 97 mil e aqueles usuais R$ 99.990. Isso porque a configuração flex vai extrapolar o patamar atual dos R$ 120 mil da versão Altis.

Isso porque o desenvolvimento do sistema híbrido ainda é praticado apenas no Japão -- a ampliação de quadro vai depender da nacionalização desta tecnologia, algo que só deve ocorrer quando o mercado voltar a se fortalecer.

Haverá também sistema "híbrido" de câmbio. Evolução do atual Multidrive-S, o Dynamic-Shift CVT usa uma "engrenagem de partida", que atua na primeira marcha para transmissão inicial de torque às rodas no momento da arrancada, passando às polias do CVT com o veículo em movimento.

Camuflado, veja o novo Toyota Corolla híbrido

UOL Carros

Detalhes finais

Resta, agora, a confirmação de detalhes de configuração. Por usar a base global TNGA, o Novo Corolla nacional também deverá usar suspensão do tipo multilink na traseira, substituindo o antigo conjunto de eixo de torção.

Bem como a base eletrônica atualizada: pacote de segurança "Toyota Safety Sense" com inclui controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência (com detecção de pedestres e ciclistas), alerta de saída de faixa com assistência de direção e, dependendo da versão, leitura de placas de trânsito e farol alto adaptativo. Isso ao menos na versão de topo.

Em termos dimensões, deverá orbitar entre os 4,64 metros de comprimento, 1,78 metro de largura e 1,43 metro de altura, preservando a distância entre-eixos de 2,70 metros do atual. Frente ao modelo atualmente vendido no Brasil, o novo Corolla deverá ser coisa de 2 cm mais longo, 1 cm mais estreito e 4 cm mais baixo, com pequenas variações.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Testes e lançamentos