Topo

Testes e lançamentos


Novo VW Golf é um dos 20 lançamentos que vão agitar a Europa; veja todos

Oitava geração do Golf deve ser uma das estrelas do Salão de Frankfurt - Reprodução
Oitava geração do Golf deve ser uma das estrelas do Salão de Frankfurt
Imagem: Reprodução

Ricardo Ribeiro

Colaboração para o UOL, em Coimbra (Portugal)

01/02/2019 07h00

SUVs e veículos elétricos dominam lista de novidades no Velho Continente e há modelos que interessam para o Brasil"

O ano de 2019 será recheado de novidades no mercado europeu. Elétricos e SUVs se destacam entre os lançamentos previstos para este ano. Haverá novidades até entre velhos conhecidos, como a dupla Renault Zoe e Nissan Leaf (ambos confirmados para o Brasil em 2019), que ganhará renovações com promessa de baterias mais eficientes.

Algumas marcas já atacam no esquema "dois em um" trazendo crossovers movidos a eletricidade, casos de Mercedes EQC, Porsche Taycan, Audi E-tron e Kia e-Niro. Já o novo Range Rover Evoque, que chega em março, terá uma versão híbrida.

Com um olho no novo controle de emissões e outro na rentabilidade, as montadoras ainda não deixarão de lado os SUVs urbanos a combustão. Renault Captur, por exemplo, ganhará nova geração, e o Nissan Juke, um sucessor. A Audi vai diversificar sua linha de SUVs compactos com o Q4, enquanto a BMW foca no topo,com o jipão X7 e o renovado X6.

Os hatches, porém, não morreram. O novo Renault Clio com cara de Mègane e a nova geração do Peugeot 208, que terá versão elétrica, aparecem no Salão de Genebra, em março. Com a compra da Opel pelo grupo PSA, o Corsa será renovado com a mesma plataforma do 208 e também colocará o pé na eletrificação. O trio, aliás, está entre os mais vendidos no continente.

E falando em modelos bons de emplacamentos, o Volkswagen Golf (novamente líder de mercado por lá) terá sua oitava geração revelada ainda em 2019. O mercado brasileiro também deve ficar de olho na nova geração do Toyota Corolla, que também dará as caras neste ano no velho continente.

Confira abaixo um resumo das novidades que pintam nas ruas europeias neste ano:

Peugeot 208

Um dos mais esperados lançamentos, a nova geração do hatch estreia a plataforma CMP, já preparada para eletrificação. A apresentação oficial deve ocorrer no Salão de Genebra, em março.

Opel Corsa

O modelo usará a plataforma CMP do novo Peugeot 208 e também introduzirá a primeira versão 100% elétrica sob o controle do grupo PSA. Esperado para o final do ano.

Renault Clio

Design esportivo é uma das maiores qualidades do Clio - Divulgação
Design esportivo é uma das maiores qualidades do Clio
Imagem: Divulgação

Outra novidade prevista para ser revelada no Salão de Genebra, em março, o hatch compacto ganhou a cara do médio Mègane. Além do estilo esportivo, o modelo também apostará na conectividade, trazendo até uma vistosa central multimídia com tela vertical.

Volkswagen Golf

A Volkswagen revela a oitava geração do Golf no segundo semestre, possivelmente durante o Salão de Frankfurt. A renovação do modelo mais vendido na Europa também está entre as mais aguardadas. A venda do T-Cross começa em abril e uma reestilização do Passat chega em junho, para o continente.

BMW X7

O maior SUV da BMW, com 5,1 metros de comprimento, chega em março. O X6 deve aparecer no final do ano para encarar Mercedes GLE Coupé e o novo Audi Q8.

Mercedes-Benz EQC

A Mercedes tem o CLA, que já apareceu na CES Las Vegas, e um tapa na Classe B, que chega em fevereiro. As atenções, porém, estão voltadas para a chegada do EQC. O utilitário esportivo de porte médio terá 408 cv e bateria de 80 kWh para encarar o Audi e-tron. Também são esperados GLA e GLE 2019.

Audi e-tron

SUV totalmente elétrico, o e-tron é a resposta da Audi ao Jaguar I-Pace e ao Tesla Model X. Promete mais de 400 km de autonomia e 80% da capacidade em meia hora de recarga. Depois de atrasos na produção, as primeiras entregas na Europa estão previstas para fevereiro.

Audi Q4

Também é esperado um novo SUV pequeno-médio da Audi, que compartilha plataforma com o Q3, mas com linhas de cupê, para brigar com BMW X4 e Mercedes GLC Coupé. No segundo semestre, possivelmente após o Salão de Frankfurt, em outubro, chega a versão apimentada do utilitário Q5, o RS Q5.

Porsche Taycan

O ano será agitado para a Porsche, que iniciará as entregas da nova geração do 911, mas os olhos estão voltados para o primeiro modelo elétrico moderno da marca, previsto para ser lançado até o final do ano.

Range Rover Evoque

Novo Evoque não esconde a inspiração no Velar - Divulgação
Novo Evoque não esconde a inspiração no Velar
Imagem: Divulgação

A segunda geração do Evoque estreia na Europa em março. Com alterações mínimas no design, as mudanças relevantes no menor Land Rover estão na mecânica e na carroceria, incluindo novos motores e uma versão híbrida.

Toyota Corolla

O sedã que sempre figura entre os mais vendidos em qualquer lugar do mundo (inclusive no Brasil) conhecerá uma nova geração neste ano na Europa, onde ganha o sobrenome Sedan. É que o Auris passa a se chamar Corolla Hatchback. Renovado, o Prius ganha uma versão com tração integral. O modelo interessa muito para nós porque será visualmente igual ao sedã nacional.

Renault Captur

Diferente do que é vendido no Brasil (seu xará brasileiro é maior e aproveita a plataforma do Duster) o Renault Captur europeu é o SUV pequeno mais vendido no continente e ganhará neste ano uma nova geração.

BMW Série 1

A BMW também terá a reformulação do Série 1, que abandona a tração traseira para compartilhar a plataforma com a Mini e oferecer mais espaço interno. O Série 3, apresentado no final do ano passado e testado por UOL Carros, entra em venda. Na sequencia, Serie 8 Cabriolet e, no final do ano, o Gran Coupé.

BMW Z4

E quem não gosta de um conversível? O roadster da marca alemã (que também foi mostrado no Salão do Automóvel de São Paulo) tem início das vendas previstas para março.

Nissan Leaf E-Plus

Novo Leaf foi apresentado a jornalistas brasileiros em outubro de 2017, durante o Salão de Tóquio - Eugênio Augusto Brito/UOL
Novo Leaf foi apresentado a jornalistas brasileiros em outubro de 2017, durante o Salão de Tóquio
Imagem: Eugênio Augusto Brito/UOL

A Nissan lançará uma versão mais potente de seu hatch elétrico, que troca a bateria de 40 kWh por uma de 60 kWh. A promessa é de um aumento de 50% em autonomia e potência, hoje 150 cv e 270 km. O substituto do SUV pequeno da marca, o Juke, também é esperado para este ano, mas as linhas ainda são desconhecidas.

Kia e-Niro

A Kia aposta em dois elétricos, o Soul EV, que chega em março, e o e-Niro, opção um pouco maior, mas com os mesmos 204 cv e na faixa de 50 mil euros.

Renault Zoe

Antes do final do ano, a Renault inicia a comercialização do novo Zoe, que adota nova plataforma e abandona a derivada do Leaf, com baterias mais eficientes e maior autonomia.

Mini EV

A marca dos pequenos controlada pela BMW promete algumas surpresas neste ano com a introdução da versão elétrica do Mini Cooper.

Audi RS 7

No final do ano, é a vez do RS 7, que será o mais potente e o primeiro híbrido plug-in da  Audi Sport, adaptando mecânica do Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid.

Ferrari 488 Pista Spider

As entregas começam agora no início do ano. A versão conversível da Ferrari 488 Pista atinge 340 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos.

Mais Testes e lançamentos