PUBLICIDADE
Topo

Pedala

Tráfego de bikes nas ciclovias aumenta até 248% em São Paulo e 277% no Rio

Ciclista pedala na ciclovia da Faria Lima, em São Paulo: trecho teve crescimento expressivo no tráfego - Ricardo Matsukawa/UOL
Ciclista pedala na ciclovia da Faria Lima, em São Paulo: trecho teve crescimento expressivo no tráfego Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL
Diego Salgado

Repórter do UOL desde 2015, com passagens por Estadão e Portal 2014. Ciclista há 20 anos na cidade de São Paulo, já pedalou por 10 países e atravessou sozinho a América do Sul e a Europa. A Oceania é o próximo desafio.

23/09/2020 16h18

É nítido que o tráfego de bicicletas aumentou nas cidades brasileiras em meio à retomada das atividades. Com a pandemia no novo coronavírus ainda em curso, o uso desse meio de transporte se tornou um modo de evitar aglomerações em ônibus e metrôs.

A percepção nas ruas foi confirmada por dados do aplicativo Strava, que apontou aumento de até 248% na ciclovia da Faria Lima, em São Paulo. No Rio, o maior crescimento aconteceu no Aterro do Flamengo, com 277%. Os dados são do mês de julho, na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o Strava, a cidade de São Paulo registrou um crescimento de 31% no tráfego no último mês. Na capital fluminense, ele atingiu 91% no total de atividades de bicicletas registradas no aplicativo.

Os dados foram obtidos por meio do Strava Metro, que passou a ser gratuito nesta semana. A ideia da ferramenta é ajudar departamentos de transporte e grupos de planejamento urbano a entender melhor os padrões de mudança nos deslocamentos, assim como melhorar a segurança e avaliar projetos de infraestrutura.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.