PUBLICIDADE
Topo

Paula Gama

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vai pegar a estrada pela primeira vez? Veja 10 dicas para não passar aperto

A primeira viagem de carro é um grande marco para o condutor inexperiente  - Getty Images
A primeira viagem de carro é um grande marco para o condutor inexperiente Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Paula Gama

Jornalista especializada no mercado automotivo desde 2014, Paula Gama tem 28 anos e avalia diversos modelos no Brasil e no exterior. Nesta coluna, você terá opiniões sinceras sobre os lançamentos, cultura automotiva, tendências e análises de comportamento do consumidor.

Colunista do UOL

17/12/2021 04h00

Dirigir na estrada pela primeira vez é um grande marco na vida de um motorista iniciante. Por mais que a experiência no trânsito urbano conte pontos, na estrada - com velocidade mais alta e grande tráfego de veículos pesados - a gravidade dos acidentes é sempre maior.

Por isso, quando for debutar pelas rodovias brasileiras, siga essas dicas para que tudo corra da forma mais tranquila.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

1- Não custa lembrar: revise o seu carro

A dica parece óbvia, mas com a correria antes da viagem, muita gente acaba pegando a estrada sem conferir a condição dos pneus ou calibrá-los, corrigir o nível de água nos reservatórios e verificar o sistema de freios. Cada um desses detalhes faz a diferença em situações de emergência, podendo colocar a vida do motorista e dos passageiros em risco se estiverem desregulados.

2- Não se sinta confiante demais ou de menos

Tanto o excesso quanto a falta de confiança podem prejudicar na primeira viagem de carro. A insegurança pode travar o motorista, reduzindo os seus reflexos, e o excesso pode deixá-lo disperso, subestimando os riscos e a seriedade do momento.

O ideal é que você conduza de forma realista, seguindo à risca a sinalização, só ultrapassando em locais permitidos, na velocidade indicada e conduzindo com máxima atenção aos detalhes.

3- Mantenha distância do carro da frente e não segure o carro de trás

Sempre que puder andar sozinho, sem carros e caminhões muito próximos de você, melhor! Por isso, nada de ficar colado no carro da frente, pois isso limita o seu tempo de reação em uma situação de emergência.

Também não dificulte a vida do carro de trás se ele quiser andar mais rápido, se possível, dê passagem e deixe que ele siga viagem. O melhor é andar em uma velocidade constante, longe de outros carros.

Se a estrada tiver mais de uma faixa de rolamento, utilize as da esquerda para a ultrapassagem e volte para a da direita, para uma condução mais tranquila, no seu ritmo de iniciante.

4- Fique atento aos sinais dos outros motoristas

Para quem nunca pegou a estrada, pode ser novidade que existam sinais de gestos e luzes entre os motoristas. Se o carro da frente ligar a seta para a esquerda sem possibilidade de virar, por exemplo, ele está avisando que você não deve ultrapassar pois, provavelmente, há um carro vindo no sentido contrário. Já a seta para a direita significa que a pista está livre e ele está te dando passagem.

Há outros sinais importantes, como piscar os faróis, que quer dizer que há um acidente à frente. Um motorista que começa a dar vários sinais seguidos, como piscar os faróis, buzinar e dar seta pode estar com um problema sério, como perda do controle do carro, nesse caso, se afaste e continue atento às movimentações.

Por outro lado, se você deixou alguém de ultrapassar e ele deu dois toques na buzina, fique tranquilo, é apenas um gesto de agradecimento.

5- Só ultrapasse se tiver total segurança

A ultrapassagem deve ser feita apenas em locais permitidos, pois isso significa que há total visão da pista contrária. Mesmo que outros condutores estejam ultrapassando em um trecho proibido, espere um pouco mais para que tenha a visibilidade perfeita e ultrapasse com máxima segurança.

Outro ponto deve ser analisado: tenha certeza de que seu carro tem fôlego o suficiente para realizar a ultrapassagem, não caia na besteira de cortar um caminhão bitrem em uma ladeira com um carro 1.0, por exemplo.

6- Não conte com a reação de outros motoristas

Dirija como se todos os motoristas fossem péssimos. Não que eles sejam, mas isso vai fazer com que você tenha mais atenção e cuidado na sua condução. Na estrada não é possível contar com a reação de outros condutores, principalmente caminhoneiros.

Para se ter uma ideia, um caminhão bitrem, além de ter até 30 metros de comprimento, pode ter um peso bruto de até 74 toneladas! Isso significa que não é simples reduzir a velocidade, acelerar ou mesmo encostar de uma hora para a outra. Mais um motivo para só ultrapassar com total segurança.

7- Evite movimentos bruscos

É natural que a primeira reação de um motorista ao ver um buraco ou um objeto na pista seja desviar. A grande questão é que qualquer movimento brusco no volante com o carro a 110 km/h, por exemplo, pode comprometer a estabilidade.

Por isso, é importante avaliar o risco da manobra. Há outros carros ao redor? A pista oposta está livre? O ideal é dirigir com atenção para visualizar o obstáculo à distância e poder agir com mais suavidade.

8- Começou a ficar entediado? É hora de parar

Passar horas na estrada pode ser entediante mesmo para quem está fazendo isso pela primeira vez. A minha recomendação é que comece viajando acompanhado. O copiloto pode ser um ótimo auxiliar para prever os perigos da estrada e prestar atenção nas sinalizações e o mais importante: uma boa conversa não deixa ninguém com sono.

Ainda assim, é importante parar para esticar as pernas, comer e tomar um café ao menor sinal de cansaço. Outra dica é preparar uma playlist animada com suas músicas favoritas.

9- A luz do dia é sua melhor amiga

Já pensou: além de prestar atenção na estrada, nas sinalizações e em possíveis perigos você ainda ter que ficar controlando o farol na sua primeira viagem? É muita coisa para um iniciante! Por isso, programe-se!

A luz do dia é a sua melhor amiga nos seus primeiros percursos, além disso, durante a noite todos os motoristas estão mais cansados, o que pode favorecer acidentes por falta de atenção. A melhor coisa é dormir bem, acordar cedo e partir!

10- Assalto também é risco

Infelizmente, os riscos na estrada não se resumem apenas ao tráfego. Principalmente em épocas de festas, há pessoas dispostas a levar vantagem e cometer crimes contra os viajantes. Por isso, só pare o carro em locais seguros, como postos de combustível e estabelecimentos de conveniência.

Se alguém pedir ajuda na estrada e você se sentir inseguro, a melhor alternativa é ligar para a polícia e SAMU e pedir atendimento com urgência.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL