PUBLICIDADE
Topo

Honda CBR 1000RR-R: brasileiro acelera nova superbike no Campeonato Mundial

Eric Granado vai estrear no Mundial de Superbike com a nova geração da Fireblade no próximo final de semana, no autódromo de Estoril em Portugal  - Divulgação
Eric Granado vai estrear no Mundial de Superbike com a nova geração da Fireblade no próximo final de semana, no autódromo de Estoril em Portugal Imagem: Divulgação
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

13/10/2020 12h00

O piloto Eric Granado disputa pela primeira vez o Campeonato Mundial de Superbike. O brasileiro participará da última etapa da temporada 2020 em Estoril, Portugal, no próximo final de semana, entre os dias 16 e 18 de outubro. Granado vai acelerar a nova CBR 1000 RR-R SP, que estreou neste ano nas pistas, com o patrocínio da Honda Brasil, mas com as cores da equipe satélite MIE Racing Honda Team, na principal categoria, a WorldSBK.

Eric Granado - Ricardo Santos/Mundo Press - Ricardo Santos/Mundo Press
Eric Granado lidera o Superbike Brasil ao guidão de uma CBR 1000RR da geração anterior; brasileiro também disputou a categoria MotoE na MotoGP
Imagem: Ricardo Santos/Mundo Press

Granado, de 24 anos, está bastante empolgado com essa oportunidade. "Quero agradecer a Honda Brasil por me dar a chance de ser um dos poucos pilotos do país a correr o Mundial de SuperBike. Será também meu primeiro contato com a CBR 1000RR-R Fireblade SP e estou muito feliz com isso", declara o atual tricampeão do SuperBike Brasil e piloto do Mundial de MotoE (para motos elétricas).

A nova Fireblade

Apresentada no Salão de Milão 2019, a nova Honda Fireblade CBR 1000RR-R ganhou mais um "R" no nome, para ressaltar suas mudanças focadas no desempenho em pista.

cbr 1000rr-r sp - Divulgação - Divulgação
Nova geração teve melhorias no desempenho em pista e agora se chama Honda CBR 1000RR-R
Imagem: Divulgação

Para isso, a marca japonesa buscou inspiração na RC-213V. A nova Fireblade usa o mais potente motor de quatro cilindros em linha que a Honda já fabricou. Compartilhando o mesmo diâmetro e curso da MotoGP, a CBR1000RR-R tem uma potência máxima de 217 cv a 14.500 rpm e pico de torque de 11,53 kgf.m a 12.500 giros, enquanto pesa apenas 201 kg.

O CBR1000RR-R Fireblade na versão SP, que Granado vai acelerar em Portugal, tem ainda suspensão eletrônica Öhlins semi-ativa com garfos NPX de 43 mm e amortecedor traseiro Öhlins TTX36 Smart-EC, e novas pinças de freio de quatro pistões montadas radialmente Brembo Stylema e a mesma pinça monobloco Brembo na traseira usada na RC213V-S.

Honda CBR 1000RR-R SP - Divulgação - Divulgação
Versão SP da CBR 1000RR-R tem suspensões eletrônicas, peso menor e freios melhores
Imagem: Divulgação

As linhas da carenagem também foram influenciadas pela campeã da MotoGP, tanto que a moto tem "asas" na carenagem. Na parte eletrõnica, a CBR 1000RR-R ganhou um sensor de medição inercial (IMU) de seis eixos da Bosch.

A nova IMU substitui a unidade de cinco eixos do projeto anterior, fornecendo cálculos extremamente precisos de guinada, inclinação e rotação para permitir um controle ainda mais confiável de todos os sistemas eletrônicos.

Honda CBR 1000RR-R SP grid - Divulgação - Divulgação
Honda voltou a alinhar no grid do Campeonato Mundial de Superbike com a nova CBR 1000RR-R SP
Imagem: Divulgação

A aposta da Honda no sucesso da nova Fireblade na pista fez com que a marca retornasse oficialmente nesta temporada para o Mundial de SuperBike após 18 anos de ausência na competição. O time Honda Racing Corporation (HRC), equipe de fábrica, conta com os pilotos Alvaro Bautista, da Espanha, e Leon Haslam, da Inglaterra.

Bautista, que conquistou um pódio na quarta etapa, em Aragão, na Espanha, está em nono na classificação, seguido de Haslam. Além do time oficial, a Honda tem a equipe satélite MIE Racing Honda Team, representada pelo piloto japonês Takumi Takahashi, que terá a companhia do brasileiro Eric Granado no próximo final de semana.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.