PUBLICIDADE
Topo

Nova Ducati Multistrada V4 é primeira moto do mundo com radar

Claudio Domenicali, CEO da Ducati, revela partes da nova Multistrada V4, que já começou a ser produzida  - Divulgação
Claudio Domenicali, CEO da Ducati, revela partes da nova Multistrada V4, que já começou a ser produzida Imagem: Divulgação
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

07/10/2020 12h28Atualizada em 08/10/2020 11h12

Resumo da notícia

  • Ducati confirma lançamento da nova geração da aventureira Multistrada equipada com motor V4 para 4 de novembro
  • Novo modelo terá dois radares e sistemas avançados de assistência ao piloto, desenvolvidos em parceria com a Bosch
  • Moto terá dois radares: um frontal, que monitora o controle adaptativo de velocidade, e outro traseiro, capaz de detectar veículos no ponto cego

A Ducati confirmou o lançamento de uma nova geração da aventureira Multistrada com motor de quatro cilindros em "V", ou seja, um V4, para o próximo dia 4 de novembro. A fábrica também surpreendeu a todos ao anunciar que o modelo já começou a ser produzido e será a primeira moto do mundo equipada com radares.

Os radares são capazes de fornecer informações sobre o ambiente circundante - evitando, assim, colisões com obstáculos ou outros veículos por meio de alertas ao piloto e controles eletrônicos avançados. O objetivo é tornar a condução mais confortável e segura em estradas.

A Ducati vem testando esse tipo de tecnologia desde 2016. Após confirmar a utilidade dos radares em veículos de duas rodas, a marca desenvolveu um pacote completo de assistência à condução através de dois radares em cooperação com a Bosch.

radar frontal mts v4 - Divulgação - Divulgação
Radar instalado na parte dianteira da moto auxilia o controle adaptativo de velocidade (ACC)
Imagem: Divulgação

Cada radar tem dimensões compactas (70 x 60 x 28 mm, semelhante a uma câmera de ação moderna) e se integra perfeitamente à moto, pesando apenas 190 gramas. O radar posicionado na frente do veículo controla o funcionamento do ACC (Adaptive Cruise Control), que por meio de frenagem e aceleração controladas ajusta automaticamente a distância (selecionável em quatro níveis) de outros veículos ao andar a uma velocidade entre 30 e 160 km/h.

O sistema derivado dos automóveis foi aprimorado e desenvolvido de acordo com a dinâmica de uma moto. Uma diferença está na limitação do sistema para acelerar e frear a fim de garantir que o piloto possa manter o controle da moto em qualquer situação.

radar traseiro mts v4 - Divulgação - Divulgação
Discretamente instalado próximo à lanterna traseira, radar é capaz de detectar veículos nos pontos cegos da moto
Imagem: Divulgação

O radar traseiro, por outro lado, é capaz de detectar e reportar veículos posicionados no chamado ponto cego, ou seja, a área não visível diretamente pelo piloto ou através do espelho retrovisor. O sistema BSD (Blind Spot Detection) também sinaliza a aproximação de veículos em alta velocidade por trás.

A nova Multistrada V4

Para a quarta geração da Multistrada, a Ducati desenvolveu um novo motor V4 leve e compacto, projetado para atender às necessidades de uso "aventureiro" sem descuidar da emoção e da esportividade. A notícia dá pistas de que o motor não será adaptado da Panigale V4, mas sim um novo motor. Mas, segundo a marca, que até criou um site sobre o assunto, todos os detalhes deste novo propulsor serão revelados em 15 de outubro.

Além de afirmar que o novo V4 será mais compacto e leve do que o atual V2. A fábrica italiana também garante que o motor terá um intervalo de manutenção nunca visto no mercado de motos. No site dedicado ao novo motor, batizado de "Mude os paradigmas", a Ducati dá pistas de que os ajustes no comando desmodrômico do V4, uma manutenção necessária e cara nos motores da marca italiana, deverão ser feitos a cada 60 mil quilômetros.

Nova Multistrada V4 - Reprodução - Reprodução
Flagrada em testes, nova aventureira terá um motor novo de quatro cilindros em "V" com até 170 cv de potência
Imagem: Reprodução

Mas algumas fotos que circulam pela internet revelam outros detalhes da nova Multistrada V4. O modelo terá rodas raiadas, com aro 19 na dianteira, balança traseira de alumínio, mas com dois braços, e quadro em treliça. Espera-se um pacote eletrônico ainda mais completo do que equipa atualmente a Multistrada 1260 S.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.