PUBLICIDADE
Topo

Controle adaptativo de velocidade chega às motos; veja como funciona

Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

01/07/2020 15h58

Comum em carros de luxo, o controle adaptativo de velocidade chega definitivamente às motos. O sistema, conhecido como Adaptive Cruise Control (ACC), controla eletronicamente a velocidade e a distância do veículo que vai à frente para garantir mais conforto e evitar colisões traseiras ao andar de moto.

BMW ACC - Divulgação - Divulgação
Sistema ACC controla a velocidade da moto e mantém distância do veículo à frente para evitar colisões traseiras
Imagem: Divulgação
A BMW anunciou que, em breve, esse tipo de sistema de assistência ao piloto deve equipar algumas motos da marca. Embora KTM e Ducati já tenham divulgado planos de adotar a tecnologia em seus modelos, a fábrica alemã é a primeira a divulgar um vídeo explicando como o controle adaptativo de velocidade funciona em veículos de duas rodas.

A animação mostra uma K 1600 GT com Active Cruise Control, nome dado pela BMW ao sistema, mas desenvolvido em cooperação com a Bosch. O ACC regula automaticamente a velocidade definida pelo piloto e a distância do veículo que está na frente.

BMW ACC comando - Divulgação - Divulgação
Controle de velocidadade adaptativo é ativado no punho direito; piloto pode selecionar três níveis de distância
Imagem: Divulgação
O sistema diminui a velocidade da moto quando a distância do veículo à frente é reduzida e mantém a distância definida pelo motociclista. Essa distância pode variar em três níveis. Tanto a velocidade da moto quanto a distância do veículo à frente pode ser definida por um botão no punho direito. As configurações são exibidas no painel de instrumentos TFT.

Ao fazer curvas, a velocidade é automaticamente reduzida pelo ACC, se necessário, e um ângulo de inclinação confortável é definido pela central eletrônica. Com uma inclinação maior, no entanto, a dinâmica de frenagem e aceleração é limitada, a fim de manter uma capacidade de rodagem estável e não desestabilizar a moto.

BMW ACC curvas - Divulgação - Divulgação
Em curvas, tecnologia define ângulo de inclinação e limita aceleração e frenagem para não desestabilizar a moto
Imagem: Divulgação
A marca alemã alerta que o BMW Motorrad ACC é um sistema de assistência e deixa a responsabilidade com o piloto, permitindo que ele intervenha o tempo todo. O sistema responde apenas aos veículos em movimento, carros parados, como no final de um engarrafamento ou nos semáforos, não são considerados. Nesses casos, o motociclista deve frear a moto.