PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Freios do meu carro fazem um barulho estranho. Devo me preocupar?

Conteúdo exclusivo para assinantes
Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

27/07/2021 04h00

Já saiu da oficina, depois de trocar as pastilhas de freio, e ouviu um assobio ao pisar no pedal? Sei que muita gente acompanha meus conteúdos para saber se não está levando um tombo do mecânico, e essa é uma das dúvidas que mais recebo. Houve algum problema na hora de fazer a manutenção? Não necessariamente.

A manutenção no sistema de freios funciona assim: uma vez você troca só as pastilhas, enquanto na próxima substitui também os discos. E assim vai alternando. E, uma vez por ano, troca também o óleo de freio (na média, precisa conferir o manual do seu carro, já que esse período pode variar de acordo com o fluido utilizado).

Essa é a recomendação para maior parte dos carros, mas na prática medimos a espessura dos discos na oficina para saber se precisa trocar mesmo ou não. Lembram que eu falei disso nesse vídeo aqui? Essa recomendação é porque o disco de freio desgasta menos que as pastilhas - e é aqui que o nosso tema de hoje entra.

Quando trocamos as pastilhas de freio, mas não substituímos os discos, temos a seguinte situação: os discos já têm algum desgaste e, portanto, sua superfície é irregular, tem algumas ranhuras. As pastilhas novas, por outro lado, estão com as superfícies bem planas e lisinhas, como saem da fábrica.

Quando as pastilhas novas encostam nos discos desgastados, acontece esse assobio que vocês notam em algumas trocas. Esse barulho vai persistir até que as pastilhas novas desgastem o suficiente para se acomodarem nos discos.

Isso levará menos tempo para uma pastilha mais macia e mais para uma mais dura, dependendo da marca que você optar. Isso não é um problema, é um comportamento normal, mas não significa que não precise de cuidados.

Enquanto você ouve o barulho, a frenagem do seu carro está um pouquinho comprometida, já que as superfícies das pastilhas e discos não estão se tocando completamente. Então é legal redobrar a atenção durante esse período.

É muito difícil estimar quanto tempo isso vai levar. Depende do quanto você usa os freios e com que intensidade, entre diversos outros fatores. Então, tente usar freios com mais atenção até sentir que a eficiência deles está normal e perceber que o barulho desapareceu.

Agora, tem um barulho que deve te preocupar quando você faz manutenção nos freios: de coisa solta. Muitas pinças de freio contam com um sistema de mola que mantém as pastilhas bem fixas e não é raro um mecânico descuidado perder essa mola. Aí é grave. Pastilhas soltas podem trazer diversos problemas e até causar acidentes. Se você notar tilintar de metal com metal após uma manutenção nos freios, volte imediatamente à oficina.

Esclarecido? Agora diga para mim nos comentários quais são as dúvidas que ainda tem sobre o sistema de freios.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL