PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

A suspensão do seu carro fala e vale prestar atenção no que ela diz

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

01/06/2021 04h00Atualizada em 01/06/2021 10h11

Seu carro "conversa" com você. Portanto, é importante andar com o rádio desligado de vez em quanto para escutar o que ele es dizendo.

Se você não escutá-lo, o carro te obriga a prestar atenção, quebrando no meio da Marginal Tietê, no horário de pico.

Barulhos durante a condução sempre indicam problemas. Quando estalos e ruídos metálicos aparecem durante as manobras, por exemplo, podem sinalizar danos na junta homocinética.

Responsável por transmitir a força gerada pelo motor paras rodas do carro, a homocinética sofre muito com vias esburacadas - da mesma forma que componentes da suspensão, em geral.

Jair Silva, gerente de qualidade da Nakata, lembra que o componente também pode ser danificado com arrancadas e freadas desnecessárias, bem como passagens por depressões e lombadas em velocidades incompatíveis.

Outro item que pode prejudicar bastante a homocinética são rodas desalinhadas. Dessa forma, nunca é demais reforçar a importância das revisões e das manutenções preventivas no sistema de suspensão.

Rupturas na coifa prejudicam a lubrificação e excesso de torque na porca de fixação do cubo de roda também impacta a junta.

E você? Está ouvindo seu carro? Conte nos comentários.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL