Topo

Coluna

Coisa de Meninos Nada


Filtro de ar: troca é uma das manutenções mais fáceis de fazer em seu carro

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colaboração para o UOL

29/10/2019 04h00

Continuamos a explicar como fazer as manutenções de seu carro em casa, seja como uma "terapia de fim de semana" ou para economizar um dinheirinho. E também para quem não quer sujar as mãos, pois é importante saber o que acontece com o veículo dentro de uma oficina para garantir que o serviço seja bem feito.

Depois de ensinar a trocar o óleo do carro em casa, que deu muito o que falar, agora é a vez do filtro de ar, que é importantíssimo pro seu motor. Deixar de trocá-lo é a mesma coisa que deixar seu carro ter um ataque de asma. O esforço extra resultará em um maior consumo de combustível, o que ninguém quer, né?

E é muito simples trocar esse componente. Não requer quase esforço nenhum e é mega rápido. Tanto o vídeo quanto as fotos desta coluna mostram a substituição do filtro de ar de um Fox. Então, divirtam-se fazendo em casa!

Como trocar o filtro de ar em casa

Primeiro identifique onde está o filtro de ar. Nos carros mais novos estará dentro de uma caixa plástica, com dutos ligados ao motor.

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL

Observe como ela é fechada. Em alguns carros são apenas presilhas, em outros são parafusos - no caso do Fox são estes dois parafusos e na parte oposta a tampa é só encaixada.

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL

Abra a tampa e já verá o filtro. Tire o antigo prestando atenção na posição dele e instale o novo na mesma posição. É muito comum o filtro ter um desenho que praticamente não permita que você instale errado.

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL

Agora é só prender a tampa novamente e prontinho! Mais uma manutenção feita em casa, sem traumas e sem problemas. Que tal?

Só se lembre de sempre consultar o manual do seu carro para ver a frequência com que o componente precisa ser substituído e as especificações do fabricante. Anote a data e km de troca para programar a próxima e coloque no diário de seu carro.

E não se esqueça de fazer as verificações semanais dos níveis de óleo, líquido de arrefecimento, fluido de freio e de calibrar os pneus (inclusive o estepe), que são responsabilidade do dono do carro, hein.

Por último: para quem acha que o dono do carro não tem que mexer nisso... bem... vejam só o manual de um Lexus 300H. É carro de quem, supostamente, nem precisa aprender a abrir o capô. E, ainda assim, o manual ensina e incentiva o dono a cuidar desse item.

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL

No post anterior, sobre a troca de óleo, muita gente disse que não é vantagem, pois tem lugares que não cobram pela mão de obra. Gente! Sério que vocês acreditam nisso? Que profissional no mundo trabalha de graça? Ótima semana e aguardo os comentários!

Tabela Fipe

Você sabe quanto variou o preço do seu carro nos últimos meses?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Coisa de Meninos Nada