PUBLICIDADE
Topo

VW T-Cross Comfortline: mostramos por que versão do SUV faz tanto sucesso

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • SUV compacto da VW sai por R$ 99.990 na versão Comfortline
  • Motor 1.0 TSI de até 128 cv não decepciona no uso diário e é econômico
  • Design elegante é um dos pontos positivos do utilitário esportivo

O T-Cross teve um início tímido, mas não demorou para se firmar entre os SUVs mais vendidos do país. Parte deste sucesso se deve à versão Comfortline, que combina bom conteúdo a um preço competitivo.

Por R$ 99.990 (exatamente na média dos rivais), o SUV oferece itens ausentes em alguns concorrentes, como 6 airbags e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros. Além disso, o design elegante conquistou muitos fãs.

Mas esses não são os únicos motivos que justificam o sucesso do modelo, como você pode conferir a seguir.

Divulgação

Volkswagen T-Cross Comfortline

Preço

R$ 99.990 (fev. 2020) R$ 100.947,00 (Fipe) Ver histórico
Carros
4,7 /5
USUÁRIOS
4,6 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

O SUV apresenta boas médias de consumo com ambos os combustíveis.

Talvez você ache que o motor 1.0 turbo não dá conta do recado, mas não é bem assim. O conjunto é mais do que suficiente para dar agilidade ao SUV, especialmente na cidade.

O estilo elegante do T-Cross foge do padrão que até então estávamos acostumados na VW, com linhas mais retas. A traseira traz um prologamento das lanternas que reforça a impressão de largura.

Bem recheada, a versão Comfortline oferece itens ausentes em alguns rivais, como 6 airbags e sensores de estacionamento dianteiros.

O SUV brasileiro é maior do que o T-Cross europeu por aproveitar a plataforma do Virtus. Na prática, os 2,65 metros de distância entre eixos se traduzem em um bom espaço para as pernas de quem viaja atrás. O porta-malas é apenas regular, mas traz um sistema que amplia sua capacidade.

Além de trazer as seis bolsas infláveis de série, o T-Cross obteve nota máxima no teste de colisão do Latin NCAP

Pontos Positivos

  • Design arrojado
  • Consumo baixo
  • Desempenho

Pontos Negativos

  • Acabamento interno
  • Porta-malas

Veredito

O T-Cross é uma das opções mais atraentes entre os SUVs compactos. Bonito, moderno e bem equipado, ele ainda traz o bom motor 1.0 turbo de até 128 cv, que dá conta do recado no dia-a-dia. Se o dinheiro permitir é claro que a versão Highline com motorização 1.4 turbo de 150 cv agrada ainda mais, mas a configuração Comfortline é capaz de atender a todos os gostos.

Anda bem e consome pouco

A Volkswagen demorou bastante para entrar no mercado de SUVs compactos. Mas parece que valeu a pena esperar: o T-Cross estreou em 2019 com um projeto superior ao de alguns rivais e com preços condizentes com a realidade do mercado brasileiro.

Uma das versões mais procuradas é a Comfortline 200 TSI, que traz o motor 1.0 turbo que equipa Polo e Up. São 128 cv quando abastecido com etanol e 116 cv se movido a gasolina. O torque máximo de 20,4 kgfm com qualquer um dos combustíveis se manifesta já a partir das 2.000 rpm e é suficiente para dar agilidade ao SUV na cidade.

As médias de consumo informadas pelo Inmetro são de 7,6 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada quando o combustível for o etanol. Se o motorista optar pela gasolina, os números sobem para 11 km/l e 13,5 km/l no percurso urbano e rodoviário, respectivamente.

Entretanto, o motorista pode conseguir índices ainda melhores na prática: durante nossa avaliação, realizada na maior parte do tempo na cidade com breves trechos de estrada, conseguimos uma média urbana de 12,5 km/l com gasolina.

Recheio acima da média

T-Cross - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

A briga no segmento de SUVs compactos é ferrenha, e por isso é que a Volkswagen não podia descuidar com o T-Cross. Na versão Comfortline, ele vem bem recheado com itens como 6 airbags, ar-condicionado digital, assistente de partida em rampas, bloqueio eletrônico do diferencial, câmera de ré, coluna de direção com regulagens de altura e profundidade, controles de estabilidade e de tração, direção elétrica, piloto automático, rodas de liga leve de 17 polegadas e vidros elétricos nas quatro portas, entre outros.

Se equipado com todos os opcionais (divididos em três pacotes), o T-Cross Comfortline pode custar R$ 112.190. Caso o cliente opte pela pintura metálica (R$ 1.400) ou perolizada (R$ 1.800), a conta pode fechar em até R$ 114.080.

Preço competitivo

T-Cross - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

O T-Cross está bem posicionado diante da concorrência. Por R$ 99.990, a versão Comfortline é mais cara do que Hyundai Creta Pulse Plus (R$ 94.990) e Nissan Kicks SV (R$ 96.990), mas é mais barato do que Honda HR-V EX (R$ 103 mil) e Jeep Renegade Longitude (R$ 104.990).

No custo de manutenção, a VW oferece um bom diferencial, que é o custo zero nas três primeiras revisões. Assim, o proprietário de um T-Cross desembolsa R$ 2.080,54 para fazer todas as revisões até 60 mil quilômetros.

Personalidade ele tem

T-Cross - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

O design é um dos destaques do T-Cross. Mesmo seguindo a identidade visual da marca, o modelo traz uma evolução do padrão estético ao qual estávamos acostumados a ver nos utilitários esportivos da VW, como o Tiguan Allspace. As linhas mais retas contrastam com os vários vincos pela carroceria.

Há elementos interessantes, como a grade frontal texturizada e o prolongamento na tampa do porta-malas que une as lanternas traseiras. O interior é mais parecido com o do Polo e se destaca pela tela da central multimídia com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, que ocupa lugar de destaque.

Mecânica
  • Motorização

  • 1.0, 12V, injeção direta, turbo

  • Combustível

  • Etanol / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 128 / 116

  • Torque (kgf.m)

  • 20,4

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 10,9 / 10,4

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 184 / 179

  • Consumo cidade (km/l)

  • 7,6 / 11

  • Consumo estrada (km/l)

  • 9,5 / 13,5

  • Câmbio

  • Automático, seis marchas

  • Tração

  • Dianteira

  • Direção

  • Elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • Independente, McPherson

  • Suspensão Traseira

  • Eixo de torção

  • Freios Dianteiros

  • Discos ventilados

  • Freios Traseiros

  • Discos

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 205/55 R17

  • Rodas

  • 17 polegadas

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1.568

  • Comprimento (mm)

  • 4.199

  • Entre-eixos (mm)

  • 2.651

  • Largura (mm)

  • 1760

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 1.305

  • Porta-malas (L)

  • 373 a 420

  • Tanque (L)

  • 52

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Airbags do tipo Cortina

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Vidros Elétricos Traseiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina