PUBLICIDADE
Topo

Sandero manual surpreende e mostra por que é favorito de motoristas da Uber

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/05/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Versão de entrada Zen é bastante ágil com motor 1.6 de 118 cv
  • Por R$ 58.490, carro traz boa lista de itens de série
  • Hatch traz design renovado em 2019

O Renault Sandero é um dos modelos preferidos por quem depende do carro para trabalhar. Espaçoso, econômico e com baixo custo de manutenção, o hatch já virou figurinha carimbada nas ruas, onde normalmente presta serviços para motoristas de aplicativo e locadoras. Segundo levantamento da Uber, o modelo é o mais adotado pelos seus condutores.

Mas não são apenas eles que gostam do Sandero. No ano passado, o hatch teve 50.303 unidades emplacadas e se sagrou o vice-campeão de vendas da Renault, atrás apenas do Kwid.

Boa parte deste volume foi das versões de entrada, como a Zen 1.6 avaliada por UOL Carros. E a partir de agora você descobre se vale a pena investir R$ 61.990 neste hatch.

Divulgação

Renault Sandero Zen 1.6

Preço

R$ 61.990
Carros
4,3 /5
USUÁRIOS
4,4 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Números de consumo são bons, especialmente com gasolina no tanque

Motor 1.6 16V é ágil e consegue até empolgar motorista; câmbio poderia melhorar

Reestilização de 2019 fez bem ao hatch, que ganhou fôlego diante dos rivais

Pacote de itens de série inclui comandos de som no volante e central multimídia

Amplo espaço no banco de trás até para pessoas altas é marca registrada do Sandero

Custos de revisão e seguro são baixos e estão na média da categoria

Hatch agrada por vir com airbags laterais de série, mas falta ESP

Pontos Positivos

  • Espaço interno
  • Desempenho
  • itens de série

Pontos Negativos

  • Câmbio
  • Acabamento interno

Veredito

O Sandero Zen é uma grata surpresa na "porta de entrada" dos hatches acima dos populares. Com desempenho empolgante, o motor 1.6 16V é muito mais ágil com câmbio manual. Por dentro, o carro padece de um acabamento mais esmerado, mas compensa com um espaço interno muito generoso e uma boa lista de equipamentos. No geral, o Sandero Zen é uma boa opção tanto para quem usa o carro para trabalhar como para quem procura um veículo para o dia-a-dia sem medo de ladeiras.

Renault Sandero Zen 2 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Desempenho do motor 1.6 empolga o motorista e não afeta o consumo
Imagem: Murilo Góes/UOL

Confesso que não me empolguei muito no primeiro contato com o Sandero Zen. Não é porque ele é um carro sem graça (pelo contrário, acho até bonito), e sim pelo visual básico demais. Mas são ossos do ofício, até porque são os raros os dias em que temos o prazer de acelerar um carrão.

Felizmente meu desânimo sumiu logo nos primeiros quilômetros. O desempenho realmente é uma das maiores virtudes do hatch, ao ponto de pensar que não estaria ao volante de um hatch com "apenas" 118 cv. As respostas são muito rápidas e proporcionam agilidade rara de se ver até na concorrência.

Dados divulgados pela Renault indicam aceleração de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos. Este tempo é melhor do que os 10,1 segundos do Chevrolet Onix LT e dos 10,7 segundos do HB20, ambos equipados com motores 1.0 turbo.

A dirigibilidade poderia ser ainda melhor se o câmbio manual de cinco marchas tivesse engates mais suaves e curtos. As relações de marcha também são um pouco longas, o que tira um pouco o prazer de dirigir. A posição de guiar também não é das melhores (poderia ser um pouco mais baixa), mas não chega a ser desconfortável. No máximo você terá algumas dores depois de algumas horas ao volante.

Renault Sandero Zen 1 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Reestilização feita em 2019 deixou o Sandero com visual mais atual
Imagem: Murilo Góes/UOL

O design do Sandero foi renovado em 2019 e as mudanças fizeram bem no hatch. Se a dianteira pouco mudou em relação ao modelo anterior, a traseira ganhou um pouco mais de sofisticação com o prolongamento das lanternas invadindo a tampa do porta-malas.

Por outro lado, o visual da traseira do compacto ficou bem parecido com o do Fiat Argo, especialmente olhando de longe. Se um dia você encontrar os dois carros no trânsito vai entender o que estou falando.

A cabine praticamente não mudou e merecia um pouco mais de atenção por parte da Renault. O acabamento também está longe de ser um primor de qualidade, já que nota-se o uso de um tipo de plástico mais áspero nos painéis das portas.

Em contrapartida, o espaço interno continua sendo uma de suas maiores virtudes - e forte argumento de compra para alguns clientes. Afinal de contas, não existe compacto mais espaçoso do que o Sandero no mercado nacional.

Dois passageiros altos viajam tranquilamente no banco de trás - e se forem baixinhos cabem até três com um pouco de aperto. Já o porta-malas tem generosos 320 litros, maior do que qualquer rival e compatível com alguns SUVs compactos.

Renault Sandero Zen 3 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Sandero é único modelo da categoria com quatro airbags de série
Imagem: Murilo Góes/UOL

O Sandero pode não ser o projeto mais moderno do mercado, mas traz um importante diferencial em segurança. O hatch é o único modelo da categoria a sair de fábrica com airbags laterais nos bancos da frente. Eles se juntam às bolsas frontais e freios ABS obrigatórios por lei.

De resto, o carro vem também com ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix e encostos de cabeça e cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes do banco de trás. Faltam apenas os controles de estabilidade e de tração.

Renault Sandero Zen 4 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Versão de entrada traz central multimídia e airbags laterais, mas acabamento é ruim
Imagem: Murilo Góes/UOL

Mesmo sendo uma versão de entrada, o Sandero Zen tem uma boa lista de itens de série. A direção pesada do modelo anterior finalmente ganhou assistência eletro-hidráulica, acabando com as balizas que valiam por uma sessão de academia. Há encostos de cabeça e cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, atendendo à lei vigente a partir deste ano.

As rodas de aço são protegidas por calotas de desenho bem agradável, e que até se passam por rodas à distância. Maçanetas e capas dos espelhos retrovisores são pintados na cor da carroceria e disfarçam um pouco o visual "peladão".

A central multimídia Media Nav Evolution já não é a última palavra em entretenimento a bordo, mas ainda agrada pela facilidade de operar. Além disso, ela oferece suporte a Android Auto e Apple CarPlay. Uma boa surpresa é a presença dos comandos de som atrás do volante, facilitando a vida do motorista.

Por fim, o Sandero traz um mimo surpreendente para um veículo de sua categoria: um amortecedor a gás para sustentar o capô, item ausente até em veículos que custam mais de R$ 100 mil.

Renault Sandero Zen 5 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Sandero vende bem e é bom de revenda
Imagem: Murilo Góes/UOL

Não é qualquer carro que vende mais de 50 mil unidades em um ano, resultando em uma média mensal de pouco mais de 4.100 mil unidades. Entretanto, o Sandero pertence ao segmento mais popular do país e precisa competir com nomes como Ford Ka, Hyundai HB20 e o líder absoluto Chevrolet Onix. Assim fica difícil brigar pela liderança.

Mesmo assim, quem compra um Sandero não vai precisar se preocupar com a revenda. Sua aceitação no mercado de usados é muito positiva, a exemplo do que ocorre com seus rivais.

Mecânica
  • Motorização

  • 1.6, 16V, 4 cilindros em linha

  • Combustível

  • Etanol / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 118 / 115

  • Torque (kgf.m)

  • 16

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 9,9

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 185

  • Consumo cidade (km/l)

  • 8,6 / 12,8

  • Consumo estrada (km/l)

  • 9,2 / 13,4

  • Câmbio

  • manual de cinco marchas

  • Tração

  • dianteira

  • Direção

  • eletro-hidráulica

  • Suspensão Dianteira

  • McPherson

  • Suspensão Traseira

  • eixo de torção

  • Freios Dianteiros

  • disco ventilado

  • Freios Traseiros

  • tambor

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 185/65 R15

  • Rodas

  • aro 15

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1536

  • Comprimento (mm)

  • 4070

  • Entre-eixos (mm)

  • 2590

  • Largura (mm)

  • 1733

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 1070

  • Porta-malas (L)

  • 320

  • Tanque (L)

  • 50

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • 10.000 km

  • R$ 459,09

  • 20.000 km

  • R$ 513,34

  • 30.000 km

  • R$ 513,34

  • 40.000 km

  • R$ 896,58

  • 50.000 km

  • R$ 567,59

  • 60.000 km

  • R$ 567,59

  • Seguro

  • R$ 1.700 (média)

  • Garantia

  • 3 anos ou 100.000 km

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo