Topo

Rio de Janeiro


Recuperada de cirurgia, Tânia Oliveira estreia como rainha de bateria no RJ

Natalia Guaratto

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/02/2017 22h27

Nem mesmo os anos à frente da bateria da Dragões da Real em São Paulo foram suficientes para amenizar o nervosismo de Tânia Oliveira. Aos 39 anos, a ex-panicat faz, nesta segunda-feira (27), sua estreia como rainha de bateria da União da Ilha do Governador.

"Sempre fico nervosa e enquanto tiver esse frio na barriga sempre vai parecer a primeira vez. Ainda mais no Rio de Janeiro, que é uma cidade que respira Carnaval o ano todo", disse a musa em entrevista ao UOL ainda na concentração. 

Se preparar para o posto, no entanto, não foi nada fácil para a modelo, que sofreu com dores no joelho durante os ensaios. "Machuquei o joelho no Carnaval do ano passado no desfile da Dragões da Real. Passei por uma cirurgia, muitos remédios e fisioterapia. Cheguei a perder 7kg, mas estou ótima hoje, sem nenhuma dor, pronta para sambar", admitiu Tânia.