PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

SP determina volta às aulas 100% presencial; quais cuidados são essenciais?

Charli Bandit/iStock
Imagem: Charli Bandit/iStock

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

13/10/2021 14h54

O governo de São Paulo anunciou a volta às aulas presencial, que valerá para toda a rede estadual e particular do ensino básico. Até então, a presença era facultativa, mas a partir da próxima segunda-feira (18), só poderão ficar em casa os estudantes que apresentarem justificativa médica. A informação foi publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo e confirmada pela reportagem do UOL.

A volta será obrigatória para a rede estadual e particular. Para a rede municipal, os prefeitos poderão determinar se há necessidade de retorno.

A obrigatoriedade do uso de máscaras para professores, estudantes e funcionários será mantida, assim como a utilização de álcool em gel. Além disso, o distanciamento entre as carteiras será mantido até o dia 3 de novembro —depois, deixará de ser obrigatório.

Na avaliação do pediatra Nelson Douglas Ejzenbaum, membro da Academia Americana de Pediatria, o retorno traz mais benefícios do que riscos. "Embora o risco de contágio seja o mesmo para todas as pessoas, crianças são naturalmente menos propensas a desenvolver a forma grave da doença", explica, ressaltando que é importante que os adultos que convivem com os alunos estejam vacinados, diminuindo assim o risco da forma grave de covid-19 para eles também.

Para o médico, os atrasos no desenvolvimento social e educacional, além dos riscos à saúde mental das crianças oferecem prejuízos maiores no momento. No entanto, é necessário que os pais conversem com os pequenos para que eles entendam a importância de seguir os protocolos sanitários.

"A grande questão é manter o bom senso na hora de você mandar a criança para escola. Precisa disponibilizar itens de segurança e explicar que tem que ser cuidadoso e que não pode, por exemplo, trocar de máscara com o colega", aponta Ejzenbaum.

Cuidados essenciais na escola

Cuidados na escola - UOL - UOL
Imagem: UOL

Saúde