PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Pfizer faz pedido pelo uso de vacina em crianças de 5 a 11 anos nos EUA

Vacina da Pfizer já está liberada para o uso em pessoas com mais de 12 anos nos Estados Unidos - Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Vacina da Pfizer já está liberada para o uso em pessoas com mais de 12 anos nos Estados Unidos Imagem: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo

De Viva Bem, em São Paulo*

07/10/2021 10h11Atualizada em 07/10/2021 10h31

A Pfizer protocolou hoje um pedido aos reguladores dos Estados Unidos pela aprovação do uso emergencial de sua vacina contra covid-19 para crianças de cinco a 11 anos no país. O anúncio foi feito nas redes sociais da farmacêutica.

O pedido para a FDA ocorre no momento em que as infecções por covid-19 estão em alta entre as crianças nos Estados Unidos, atingindo seu ponto mais alto na pandemia no início de setembro, de acordo com dados da Academia Americana de Pediatria.

O FDA marcou para o dia 26 de outubro um encontro com conselheiros externos para discutir a aplicação da Pfizer, possibilitando que as crianças comecem a receber as vacinas logo depois.

A vacina, que já está autorizada a ser aplicada em qualquer pessoa acima de 12 anos, demonstrou induzir uma forte resposta imunológica na faixa etária alvo em um ensaio clínico de 2.268 participantes, disseram as empresas em 20 de setembro.

Nos Estados Unidos, a vacina da Pfizer foi autorizada em crianças de 12 a 15 anos cerca de um mês depois da solicitação.

Embora as crianças sejam menos suscetíveis à covid-19 grave, elas também podem espalhar o vírus para outras pessoas, incluindo populações vulneráveis.

Com informações da Agência Reuters.

Saúde