PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Paes manda suspender vacinação em Espaço Hall após shows no fim de semana

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), usou as redes sociais para compartilhar as críticas contra o espaço de eventos - André Melo Andrade/Immagini/Estadão Conteúdo
O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), usou as redes sociais para compartilhar as críticas contra o espaço de eventos Imagem: André Melo Andrade/Immagini/Estadão Conteúdo

Do VivaBem, em São Paulo

14/06/2021 13h30Atualizada em 14/06/2021 13h52

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) declarou hoje que o posto de vacinação no centro de eventos Espaço Hall, localizado na Barra da Tijuca, na zona este, após um show que ocorreu no endereço no último final de semana.

A decisão foi anunciada pelo gestor municipal no Twitter. Paes afirma que mesmo com as restrições diminuídas, ainda há quem não as respeite "minimamente", em referência ao Espaço Hall. Boates e casas de festas ainda não podem promover eventos no Rio, mas festas clandestinas têm ocorrido na cidade.

O cantor Belo foi a atração que se apresentou no espaço no Dia dos Namorados, no último sábado (12).

Determinei ao secretário de saúde que imediatamente interrompa a vacinação no Espaço Hall. Não é admissível que durante a semana faça de conta que salva vidas e no final de semana promova shows sem respeitar as regras estabelecidas pela prefeitura
Eduardo Paes

A partir de amanhã o local de vacinação será desmobilizado e a população deve procurar endereços próximos para se imunizar contra o coronavírus.

O UOL entrou em contato com o centro de eventos para saber se ele gostaria de se pronunciar sobre o contraste entre o incentivo à imunização e a promoção de aglomerações em shows. Até o momento da publicação desta matéria, o Espaço Hall não deu retorno.

Vacinação poderá ser adiantada no Rio

Eduardo Paes usou as redes para afirmar que "ganhou o coração do imunizante", em resposta ao novo calendário de vacinação de São Paulo. O prefeito deu a entender que pode rever o cronograma de vacinação da capital e brincou com o governador paulista, João Doria (PSDB).

Me aguarde. Você é o pai da vacina, mas eu já adotei a criança e já ganhei o coração do imunizante. Estou preparando a resposta. Bora vacinar!
Eduardo Paes

A capital do Rio vai vacinar todas as pessoas a partir dos 50 anos nesta semana. Hoje, moradores da cidade que tem 53 anos serão contemplados. A faixa de idade irá diminuir para 50 anos, de forma progressiva, até a sexta-feira (18).

O calendário inicial da cidade previa que a imunização da primeira dose dessa mesma faixa de idade fosse concluída apenas no início de julho deste ano.

Com a antecipação das datas, a população ficou esperançosa sobre a possibilidade de um novo calendário para todos os adultos — acima dos 18 anos.

Saúde