PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Praticar exercícios faz bem ao cérebro e protege do declínio cognitivo

A atividade física e a aptidão física são protetoras contra o declínio cognitivo relacionado ao envelhecimento - iStock
A atividade física e a aptidão física são protetoras contra o declínio cognitivo relacionado ao envelhecimento Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

04/01/2020 15h12

Um estudo mostrou que exercícios aeróbicos, como corrida, natação ou ciclismo, podem retardar as alterações cognitivas no cérebro. Publicada no periódico Mayo Clinic Proceedings na quinta-feira (2), a pesquisa fornece novas evidências de que há uma associação entre aptidão cardiorrespiratória e saúde cerebral, principalmente na massa cinzenta e no volume do cérebro.

Estudos anteriores relacionaram a massa cinzenta (também chamada de substância cinzenta) como a base de habilidades cognitivas, controle muscular e percepção sensorial. Agora, os pesquisadores descobriram que os aumentos no pico de captação de oxigênio estão fortemente associados ao aumento do volume dessa substância.

"Isso fornece evidências indiretas de que o exercício aeróbico pode ter um impacto positivo na função cognitiva, além do condicionamento físico", diz Ronald Petersen, neurologista da Mayo Clinic e principal autor do estudo. "Outra característica importante é que esses resultados também se aplicam a adultos mais velhos. Há boas evidências para o valor do exercício na meia-idade, mas é encorajador que também possa haver efeitos positivos no cérebro nos mais velhos."

Como o estudo foi feito

  • Participaram do estudo 2.013 adultos, que foram examinados de 1997 a 2012.
  • A aptidão cardiorrespiratória foi medida usando o pico de consumo de oxigênio e outros padrões enquanto os participantes usavam uma bicicleta ergométrica.
  • Dados cerebrais de ressonância magnética também foram analisados.
  • Os resultados sugerem que o exercício cardiorrespiratório pode contribuir para melhorar a saúde do cérebro e desacelerar o declínio da substância cinzenta.

Sem relações com Alzheimer

Apesar de aumentar áreas do cérebro ligadas à cognição, o estudo não conclui que as correlações da aptidão cardiorrespiratória com a massa cinzenta afetariam a doença de Alzheimer.

De acordo com os autores, ainda são necessários estudos de longo prazo sobre a relação entre exercício e saúde cerebral, que serão caros e logisticamente difíceis de produzir. "No entanto, esses dados são encorajadores", diz Clifford Jack Jr., co-autor da pesquisa. "As descobertas sobre a aptidão cardiorrespiratória e certas estruturas cerebrais são únicas".

Como manter boa aptidão cardiorrespiratória

Segundo especialistas da Clínica Mayo, recomenda-se o exercício moderado e regular por cerca de 150 minutos por semana, para manter uma boa aptidão cardiorrespiratória. Mas ela não se resume apenas às atividades físicas. Os médicos também recomendam:

  • Não fumar
  • Seguir hábitos alimentares saudáveis
  • Perder peso ou manter um nível de peso saudável
  • Gerenciar a pressão arterial e evitar a hipertensão
  • Controlar os níveis de colesterol
  • Reduzir o açúcar no sangue, que com o tempo pode danificar seu coração e outros órgãos

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping - Bertioga (SP)
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: Gratuita

Movimento