PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Estudo mostra que resistência da H. pylori a antibióticos dobrou em 20 anos

Bactéria está associada à gastrite e úlcera - iStock
Bactéria está associada à gastrite e úlcera Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 16h40

Um estudo apresentado durante a reunião da União Europeia de Gastroenterologia, em Barcelona, mostrou que a resistência da bactéria H. pylori aos antibióticos duplicou em um intervalo de 20 anos.

A pesquisa analisou cerca de 1,2 mil pessoas em 18 países europeus. Foi descoberto que a resistência a um dos remédios mais comuns para combater a bactéria aumentou de 9,9% (1998) para 21,6% (2018).

De acordo com os médicos que apresentaram o estudo, a infecção por H. pylori é uma das maiores ameaças à saúde nos últimos anos em todo o mundo. O pesquisador principal, Francis Megraud, explicou que a doença é complexa e requer uma combinação de remédios.

"A redução da eficácia das terapias atuais poderia manter altos os índices de câncer gástrico e outras infecções como a úlcera", disse.

O país com o maior índice de resistência é a Itália, com 36,9%. Enquanto isso, a Dinamarca teve o melhor desempenho, com apenas 5% de incidência.

VivaBem