PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Médico cria álcool sintético que te deixa 'alegre' sem efeitos colaterais

Invenção do britânico age no cérebro da mesma maneira que o álcool, mas não causa problemas de saúde - iStock
Invenção do britânico age no cérebro da mesma maneira que o álcool, mas não causa problemas de saúde Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

30/03/2019 16h40

O psiquiatra David Nutt, diretor da unidade de neuropsicofarmacologia do Imperial College London, na Inglaterra, já estudou muito sobre os efeitos do álcool no cérebro e na saúde como um todo. Por isso decidiu criar uma bebida feita de álcool sintético, chamada alcarelle, que tem os mesmos efeitos que a bebida alcoólica ao trazer relaxamento e redução de barreira sociais, mas sem causar os mesmos efeitos colaterais, como problemas de saúde e ressaca.

A bebida ainda não passou por testes de segurança, portanto não está disponível para comercialização, mas o plano é que ela seja regulada como um aditivo alimentar --sozinho, o produto tem um gosto muito ruim -- e sirva como ingrediente para que a indústria de bebidas crie itens mais seguros para a saúde. Até o momento, Nutt e seus colegas a consumiram acompanhadas de sucos de frutas, para testar seus efeitos de maneira informal.

A bebida vem sendo desenvolvida desde 1983, como o pesquisador contou em entrevista ao jornal britânico The Guardian. Nessa época ele estava estudando os efeitos do álcool nos receptores Gaba do cérebro e percebeu que ao bloquear essas estruturas dos neurônios em ratos e lhes dar álcool, os animais ficavam sóbrios.

Isso poderia levar à criação de um antídoto para a bebedeira, mas se a pessoa o consumisse enquanto sóbria, poderia ter convulsões. Nutt então aproveitou o conhecimento adquirido para entender como o álcool funciona no cérebro e buscar criar substâncias que agissem de modo semelhante.

Depois de mais de 30 anos de estudo, ele conseguiu chegar a um produto final. Existem 15 tipos diferentes de receptores Gaba e Nutt contou ao The Guardian que "o álcool é muito promiscuo. Ele pode se ligar a todos eles". Apesar de não revelar a como, a bebida do psiquiatra consegue se ligar aos receptores certos para causar os efeitos bons da bebida no cérebro, de uma forma semelhante à atuação da vareniclina, um remédio receitado para quem quer parar de fumar.

Problemas do álcool para a saúde

Quem bebe todos os dias podem enfrentar alguns problemas de saúde como:

  • Obesidade;
  • Depressão;
  • Perda de memória;
  • Gordura no fígado ou cirrose;
  • Pancreatite;
  • AVC;
  • Cardiomiopatia.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Saúde