Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Youtuber vegana é pega comendo peixe e revela doença; a dieta tem riscos?

Yovana Mendoza voltou a comer alimentos cozidos há três anos - Reprodução/ Youtube
Yovana Mendoza voltou a comer alimentos cozidos há três anos Imagem: Reprodução/ Youtube

Priscila Carvalho

Do Uol VivaBem, em São Paulo

28/03/2019 19h26

Resumo da notícia

  • Youtuber se dizia crudivegana (dieta livre de origem animal e baseada em alimentos crus)
  • Ela foi pega comendo filé de peixe durante uma viagem e foi "desmascarada" pelos internautas. Além disso, voltou a comer ovos
  • Ao admitir a farsa, a influenciadora disse que estava passando por problemas de saúde e ficou com anemia e dois anos sem menstruar
  • Seguir esse tipo de dieta é arriscado sem acompanhamento médico
  • Com suplementos e alimentação balanceada é possível ter melhora na saúde em até 6 meses

A youtuber Yovana Mendoza Ayres, conhecida como Rawvana, ficou ainda mais famosa depois de decepcionar seus fãs e confessar que durante um tempo consumiu alimentos de origem animal "escondido" de seus seguidores. A revelação não foi espontânea e só aconteceu após a influenciadora ser flagrada em um foto comendo peixe.

Popular por compartilhar sua dieta crudivegana (composta por alimentos totalmente crus e nada de origem animal) e estilo "saudável" desde 2013, a influenciadora justificou-se alegando que precisou mudar o cardápio devido a problemas de saúde. Ela disse que teve amenorreia (ausência de menstruação), adquiriu anemia, seu intestino estava repleto de bactérias "ruins" e passou os últimos anos doente.

O novo menu, segundo ela, foi feito com prescrição médica. "Nas últimas semanas tenho me sentido melhor, com mais energia. Mas quero retomar a alimentação que compartilho com vocês". Ela confessou ainda que há três anos passou a comer alguns produtos cozidos, algo que não era compatível com o estilo de vida que pregava em seu canal.

Seguir dieta crudivegana é arriscado?

Marcella Garcez Duarte, nutróloga diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia), no Paraná, afirma que é comum atender pacientes que sofrem diversos problemas de saúde iguais aos de Rawvana. Isso acontece, principalmente, pela falta de orientação médica desde o início da dieta e acompanhamento contínuo ao longo do processo.

No caso da youtuber, o cardápio era ainda mais restritivo devido ao consumo de alimentos crus atrelado a uma dieta sem nada de origem animal. Nesses casos, deve-se ter uma preocupação ainda maior, já que é possível comer algum alimento contaminado e correr o risco de adquirir uma doença bacteriana.

A influenciadora já estava sem menstruar há dois anos e isso geralmente ocorre principalmente pela falta de ferro e vitaminas no organismo. Com níveis do nutriente em baixa, as glândulas endócrinas ficam em desequilíbrio e, a partir do momento em que uma está desajustada, influencia todas as demais, prejudicando a produção hormonal.

Segundo Duarte, um dos principais problemas apresentados pelos veganos que ficam doentes são as bactérias em excesso no intestino. O vegano tende a diminuir o consumo de proteína, o que reduz a acidez gástrica no intestino delgado e favorece o crescimento bacteriano. Isso afeta a absorção de nutrientes, provocando diversas doenças como anemia, menorreia e, em casos graves, até demência.

A especialista ressalta ainda que é no mínimo arriscado uma pessoa sem formação nenhuma na área comprometer a própria saúde, pela falta de conhecimento e ainda influenciar pessoas a fazerem o mesmo.

Mas vale o alerta: se for feita de forma responsável e com acompanhamento médico, a pessoa não ficará doente. E, com suplementos e boa alimentação, até quem tem um problema de saúde como Rawvana consegue ter uma melhora em um período curto, de dois a seis meses.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - Youtube

Mais Alimentação