PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Dormir muito pouco faz o cérebro funcionar como se fosse 9 anos mais velho

Só uma noite mal dormida já causa efeitos negativos no funcionamento cerebral - Getty Images
Só uma noite mal dormida já causa efeitos negativos no funcionamento cerebral Imagem: Getty Images

Do UOL VivaBem, em São Paulo

19/10/2018 19h55

Não fique sem dormir direito, se privar de um bom sono prejudica o cérebro. Um novo estudo mostrou que pessoas que dormem apenas quatro horas por noite -ou menos- se comportam como se fossem nove anos mais velhas. E isso independe da idade.

As habilidades mentais mais afetadas pelo sono ruim foram o raciocínio e a comunicação, enquanto a memória de curto prazo foi pouco lesada, segundo os cientistas. Os resultados foram publicados na revista científica Sleep.

VEJA TAMBÉM:

Na análise também foram coletadas evidências de que não é necessário o sono ruim ser um hábito para trazer consequências negativas. Uma única noite mal dormida pode afetar as habilidades de raciocínio. Os participantes que dormiram mais do que o habitual na noite anterior aos testes foram melhor do que aqueles que dormiram menos horas do que estavam acostumados.

A pesquisa contou com informações de 40 mil pessoas de todo o mundo. Os voluntários responderam testes online que continham desafios de habilidades mentais como raciocínio lógico, memória e capacidade de comunicação.

"As pessoas que efetuaram login nos forneceram muitas informações. Fizemos um questionário bastante extenso e nos disseram coisas como quais medicamentos usavam, quantos anos tinham, onde estavam no mundo e que tipo de educação tinham", explicou o co-autor do estudo, Adrian Owen.

Os dados mostraram ainda que aqueles que dormem uma média de sete a oito horas por noite se saem melhor em testes do que aqueles que dormem mais ou menos, confirmando aquela crença de que precisamos fechar os olhos e descansar oito horas por dia. A gente já sabe que é preciso, mas não deitamos a cabeça no travesseiro por tanto tempo. Cerca de metade dos participantes afirmaram dormir apenas 6,3 horas por noite. 

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook • Instagram • YouTube

Saúde