PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Cientistas descobrem tratamento eficaz e acessível contra cólicas em bebês

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem

09/01/2018 12h40

Você já trocou a fralda, verificou se era calor ou frio, alimentou o bebê e, mesmo assim, ele não para de chorar. Os sinais são conhecidos e, com frequência, mostram que o bebê está com cólica.

 Mas, por mais que o problema seja comum em famílias ao redor do mundo, até então havia pouca evidência do que seria mais eficaz para aliviar as dores do bebê. Felizmente, isso está prestes a mudar.

Um grupo de cientistas mostrou que um probiótico chamado Lactobacillus reuteri, que já é comercializado como remédio para cólicas, é na verdade um tratamento comprovadamente eficaz.

Leia também:

Estudos anteriores já tinham questionado a eficácia desse probiótico, mas a nova pesquisa, publicada no periódico Pediatrics, foi a maior já feita com a substância --envolvendo 345 bebês com cólica. Os resultados mostraram que o L. reuteri funciona muito bem, pelo menos para crianças que são amamentadas com leite materno.

probiotico - iStock - iStock
O probiótico Lactobacillus reuteri pode ser eficaz no combate as cólicas
Imagem: iStock

Os pesquisadores conduziram estudos na Itália, Polônia, Austrália e no Canadá. O consumo do probiótico (normalmente vendido em gotas) foi comparado ao de um placebo, exclusivamente em bebês que ainda não desmamaram. Os resultados mostraram que o medicamento reduziu o choro em pelo menos 50% após três semanas de tratamento.

Entretanto, por falta de mais estudos sobre o assunto, os cientistas ainda não consideram o L. reuteri a solução definitiva para o problema. “Pais que estão preocupados devem visitar um especialista e verificar se não há outra causa médica para o choro”, disse Valerie Sung, que liderou o estudo. “Mas esse probiótico é a melhor opção no mercado”, finalizou e pesquisadora.

E, antes de dar o probiótico para seu bebê, vale consultar o pediatra, para saber a dose certa e se é indicado para o caso específico.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

Saúde