PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Quais os melhores exercícios para aliviar o estresse?

A atividade física estimula a produção de substâncias que relaxam e trazem bem-estar - iStock
A atividade física estimula a produção de substâncias que relaxam e trazem bem-estar Imagem: iStock

Zé Augusto Aguiar

Colaboração para o VivaBem

24/07/2018 04h00

Trânsito, cobranças no trabalho, tarefas domésticas, boletos para pagar, pouco tempo para dormir... A rotina da maioria das pessoas é para lá de estressante. E uma das melhores e mais saudáveis formas de aliviar a tensão é fazer exercícios. 

Toda atividade física ajuda a reduzir o nível de estresse no organismo, pois estimula a liberação de substâncias que relaxam e trazem bem-estar, como a serotonina e a endorfina. Porém, há modalidades que somam outros benefícios que podem ajudar você a ficar mais tranquilo. 

A seguir, mostramos atividades ótimas para espantar o estresse de um dia --ou de uma semana -- terrrível. A lista foi montada com a ajuda de Arthur Guerra, psiquiatra e professor das faculdades de medicina da USP (Universidade de São Paulo) e do ABC; Katia Rubio, psicóloga e professora da Faculdade de Educação Física e Esporte da USP; e Julia  Amato, psicóloga do esporte do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo. 

Veja também:

Aposte nestes exercícios para despachar a tensão

  • iStock

    Natação

    O meio líquido relaxa ao envolver todo o corpo. A atividade ainda exige concentração para integrar e coordenar pés e pernas com tronco, mãos, braços e cabeça. Uma verdadeira orquestra corporal que vai manter sua mente focada no movimento, e longe dos problemas.

  • iStock

    Corrida

    A atividade é conhecida por seu grande potencial em estimular a produção de endorfina. Além disso, deixa sua mente forte e pronta para suportar o estresse, já que nos treinos é preciso lutar contra o cansaço e a vontade de desistir. Estudos mostram que o contato com a natureza --quando a corrida é praticada em parques, por exemplo -- também ajuda a reduzir a tensão. O esporte ainda costuma proporcionar uma ótima interação social, o que contribui para relaxar.

  • iStock

    Andar de bicicleta

    Facilitado pela expansão das ciclovias e ciclofaixas nas grandes cidades brasileiras, o ciclismo é uma atividade excelente para você explorar o lugar em que vive. Conhecer e observar novos lugares ajuda a desviar o foco dos problemas e relaxar. E ainda tem a sensação do vento na cara, que pode trazer muito prazer e adrenalina.

  • iStock

    Tai chi chuan

    A arte marcial combina movimentos e técnicas de respiração. Ela é considerada uma verdadeira "meditação em movimento", que alivia o estresse do cotidiano. "O tai chi trabalha pontos-chaves do corpo, chamados de dantian ou campos de elixir, que beneficiam a mente", afirma Aline Toffoli, formada em educação física pela USP e faixa preta de tai chi.

  • iStock

    Surf

    É inegável que a água salgada, a natureza e a energia das ondas têm ação terapêutica para a mente. Ao entrar no mar, é preciso manter concentração total: você dificilmente pensa nos problemas, dissolve o agito da vida diária, o barulho da cidade e relaxa.

  • iStock

    Kung Fu

    Desenvolve muito a concentração e o foco. A mente se esvazia do excesso, de toda a pressão do trabalho, das obrigações e da rotina. A atividade restitui o equilíbrio e a consciência corporal. "Uma das coisas legais das artes marciais é estar plenamente fazendo algo. É o princípio do zen: estar 100% presente naquele momento", acredita Kátia Rubio. Sem falar que dar uns golpes é sempre ótimo para descarregar o estresse acumulado.

  • iStock

    Esportes coletivos

    Jogar bola com os amigos gera um bem-estar valioso. Futebol, basquete, vôlei e qualquer outro esporte coletivo são facilitadores do convívio social e estimulam a amizades. E estar junto de outras pessoas faz muito bem à mente e ajuda a relaxar. Sem falar que você grita, corre, vibra com os gols (ou pontos) e deixa toda energia negativa ali no chão da quadra ou campo.

  • iStock

    Circo

    Os movimentos desafiadores da atividade trazem equilíbrio e força mental. Para Karaina Janotti, praticante e médica formada pela Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) de Botucatu, a iniciação nas acrobacias --que incluem paradas de mão e mortais, além de exercícios na lira e em tecidos -- é difícil. Mas, quando dominadas, trazem uma satisfação enorme e propiciam leveza e relaxamento para as atividades diárias.

Movimento