Topo

Viagem


Bonde de velhos vagões resgata memórias de tempos históricos em Praga

Divulgação
Imagem: Divulgação

13/08/2019 10h41

Antigos vagões de um bonde que trafega na linha 41 desse meio de transporte em Praga, na República Tcheca, oferecem um retorno nostálgico à época do império austro-húngaro por meio de um percurso histórico pelos trilhos da cidade.

"Os carros são conduzidos por um grupo seleto de pessoas que têm competência para guiar bondes antigos de dois eixos de rodas", disse Hana Pohanová, representante da empresa municipal de transportes da capital tcheca.

"Todos eles têm uma relação muito próxima com os bondes históricos, e a atividade é realmente afetiva para eles", acrescentou.

Os viajantes podem experimentar diferentes gerações de carros, como os modelos 240 de 1908, os 349 e 351 de 1915, e os mais recentes, fabricados de 1928 a 1942, como o "Submarino", o primeiro em que o motorista podia se sentar.

Também há vários tipos de vagões, desde os de madeira às "latas metálicas", e os T1, que começaram a ser produzidos sob licença americana em 1951 e foram testemunhas de momentos dramáticos da história contemporânea tcheca, como a Primavera de Praga.

Enquanto percorre o centro da capital, o bonde número 41 transmite o cheiro de madeira centenária que, junto com o estalo dos velhos vagões e os uniformes de época dos funcionários, transportam os viajantes ao passado. O charme e a história têm feito com que esse bonde tenha se tornado muito popular: 80% dos usuários são tchecos, e 20%, turistas estrangeiros.

Mais Viagem