Conhece o ponto A? Ele pode te dar tanto prazer quanto o poderoso ponto G

Do ponto G todo mundo já ouviu falar, o que poucas sabem é que existe um ponto A na vagina, que também pode proporcionar um novo nível de prazer. Ele também é chamado de AFE (Anterior Fórnix Erótico) e fica localizado bem no fundo do canal vaginal, onde ele encontra o colo do útero.

Esta é uma área muito irrigada, com muitos vasos e nervos. Existem trabalhos científicos, embora poucos, que mostram uma zona erótica de maior prazer ali.

Para entender bem: o ponto A é uma dobrinha no canal vaginal, que fica quase sempre sob o colo do útero. Exatamente por isso ela é muito pouco estimulada, apesar de bem sensível. Quando estamos excitadas, o útero contrai e sobe, deixando o fórnix mais exposto, e é aí que a mágica pode acontecer.

Imagem
Imagem: UOL

Como estimular o ponto A

Por ter essa localização profunda na vagina, é uma região com a qual poucas mulheres têm contato. Enquanto muitas relatam dor quando a penetração chega ao fundo do canal, outras descobrem ali uma região de prazer.

Como sempre, a melhor coisa a fazer para descobrir se você tem ou não prazer no ponto A é se conhecer. Neste caso, de um toque mais profundo, as melhores opções podem ser um brinquedo ou o toque — e posteriormente um parceiro.

Para começar, teste com o dedo ou um vibrador, procurando estimular essa região que fica na parte da frente (meio que na barriga) do canal, em contato com o útero. Durante um momento de excitação, massageie com movimentos suaves a área e repare como seu corpo reage.

Se quiser usar o ponto A durante a penetração, posições com as pernas para cima (como a de exame ginecológico ou com os joelhos perto da barriga) facilitam, pois encurtam o canal vaginal, permitindo que o pênis entre mais profundamente. Mas cuidado: bater o pênis no colo do útero pode causar dor. Peça para o homem ir com cuidado.

Continua após a publicidade

Sua existência é questionada

O ponto A não é unanimidade entre especialistas. Há quem acredite que o fórnix anterior não é um ponto de maior prazer que outros na vagina, já que é uma área com menos terminações nervosas, menos sensibilidade.

Então, como sempre, o foco não precisa ser em encontrar pontos específicos dentro da vagina e sim em se concentrar em ter boas fantasias sexuais e a excitação correta. Mais que isso, se conhecer é o segredo fundamental para chegar ao prazer.

Fontes: ginecologista e sexóloga Ana Paula Junqueira; ginecologista Carolina Ambrogini

*Com reportagem de 17/1/2018

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes