PUBLICIDADE

Topo

Josué passa fim de semana com família Pôncio: 'Felicidade em nossos rostos'

Sarah Poncio em foto de dezembro, em que segura Josué no colo - Reprodução/Instagram
Sarah Poncio em foto de dezembro, em que segura Josué no colo Imagem: Reprodução/Instagram

Mariana Gonzalez

De Universa, em São Paulo

09/04/2022 16h46

Após 4 meses com mãe biológica, Josué, de 3 anos, passou o final de semana a família formada por Sarah Poncio e Jonathan Couto. Em dezembro do ano passado, a Justiça havia decidido que ele deveria voltar a viver com a mãe biológica, Myllena Costa, no Ceará.

Na tarde de ontem (8), Jonathan publicou uma foto do menino ao lado dos dois filhos mais velhos do casal, José e João: "A felicidade estampada nos rostos e nos nossos corações, pegando os irmãos na escola hoje", escreveu.

O menino também apareceu numa outra foto ao lado dos irmãos e de Claudia Vladmaker, que era babá dele enquanto vivia com os Pôncio. Ela escreveu: "Uma explosão de felicidade. Jesus é maravilhoso".

Universa procurou a assessoria de Sarah para confirmar a informação, mas não teve resposta.

O processo da convivência da família Poncio com Josué, de 3 anos, e na possível adoção do menino se desenvolve desde fevereiro de 2020. Daquele momento até ano passado, o menino vivia com eles, no Rio de Janeiro, e aparecia em muitos cliques divulgados pela família nas redes sociais. Sarah Poncio, influenciadora, se intitulava mãe do menino.

No começo de dezembro do ano passado, no entanto, a mãe biológica, Myllena Costa, pediu a retomada da guarda e Josué voltou a morar com ela, no Ceará. Em fevereiro, ela disse nas redes sociais que a criança não está se adaptando ao dia a dia com ela e que deixaria ele voltar aos cuidados de Sarah "pela felicidade dele".

Linha do tempo da adoção de Josué

A chegada

Em fevereiro de 2020, o ex-casal Sarah e Jonathan Couto divulgou com alegria a chegada do bebê, então com um ano e que se chamava Lorenzo. À imprensa, revelaram que ele era sobrinho da babá dos filhos deles. A mulher, por sua vez, teria comentado com os patrões que a criança "estava passando por necessidades". "Então, Sarah se ofereceu para adotá-lo", explicou a assessoria dos famosos à época, em nota.

Apesar de, em 2020, o então casal ter informado em nota para imprensa que a chegada do bebê acontecia depois de "um processo de adoção definitivo", o Tribunal de Justiça do Ceará, local de nascimento do menor, afirmou a Universa, em fevereiro, que não há no sistema processo referente ao caso.

Retorno à mãe biológica

Em 9 de dezembro de 2021, Sarah anunciou que "tiraram o filho dela". "Quando eu encontrei o Josué, eu me tornei mãe mais uma vez. Ao longo de toda nossa experiência, compartilhei todo o amor que pude com esse bebê, que tanto merecia afeto e carinho", escreveu, em um trecho de legenda no Instagram.

Em uma live, no final do mês, Sarah revelou que a mãe biológica não queria "assinar os papéis" para que o filho ficasse com ela. Foi só quando as duas passaram a ter contato, diz, que ela entendeu que Josué não havia sido abandonado pela mãe biológica. "Ela foi vítima, como eu. Ela não fez nenhuma ruindade de abandonar e depois querer tomar a criança".

"Ele não está se adaptando"

No dia 30 de janeiro, também em uma live, a mãe do menino afirmou que deixaria ele voltar a morar com Sarah. "Se fosse para ele voltar de papel passado e tudo mais, eu deixaria. Só que não foi possível. Eu achei que ele se adaptaria aqui, mas ele não se adaptou. Deixaria, sim, ele voltar. Pela felicidade dele, porque não adianta eu estar feliz, ele não", declarou no Instagram. Ela classificou a situação como um "mal-entendido".