PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Mari Ferrer: Aranha é absolvido por unanimidade em 2ª instância

André de Camargo Aranha foi absolvido  - Reprodução/The Intercept
André de Camargo Aranha foi absolvido Imagem: Reprodução/The Intercept

Gabryella Garcia

Colaboração para Universa, de Santa Catarina

07/10/2021 15h16

Após quase cinco horas de audiência o empresário André de Camargo Aranha teve sua absolvição na acusação de estupro contra a influencer Mariana Ferrer confirmada pelos desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) em 2ª instância. A informação foi confirmada a Universa por uma fonte do próprio TJSC.

De acordo com essa mesma fonte, a audiência que teve início às 9h foi encerrada por volta das 13h30 e o advogado de Aranha, Dr. Claudio Gastão da Rosa Filho deixou o tribunal comemorando a manutenção da sentença que absolveu o réu. A decisão foi tomada por unanimidade pelos desembargadores Ana Lia Carneiro, Ariovaldo da Silva e Paulo Sartorato que alegaram falta de provas.

Agora, após nova decisão favorável ao réu, Mariana ainda pode recorrer da decisão no no STJ (Supremo Tribunal de Justiça) e no STF (Supremo Tribunal Federal). O caso aconteceu no beach club Café de La Musique, no ano de 2018, e a decisão em 1ª instância aconteceu em audiência realizada em setembro de 2020.

Vale destacar que a audiência realizada há um ano foi bastante criticada pela conduta adotada pelo advogado Claudio Gastão da Rosa Filho e pelo juiz do caso, Rudson Marcos, que inclusive teve uma reclamação multidisciplinar aberta contra si no Conselho Nacional de Justiça.

Após a repercussão da audiência que teve imagens divulgadas pelo site The Intercept, a Câmara também aprovou o Projeto de Lei Mariana Ferrer, que pune ofensas e humilhações às vítimas durante julgamentos.

Universa entrou em contato com os advogados de André Aranha, Dr. Claudio Gastão da Rosa Filho, e de Mariana Ferrer, Dr. Júlio Cesar Ferreira da Fonseca, mas não obteve retorno até o momento. Em breve mais informações.

Direitos da mulher