PUBLICIDADE

Topo

Priyanka Chopra ouviu que seus sonhos eram impossíveis por ser uma garota

Priyanka Chopra em Amsterdã - Reprodução/Instagram/priyankachopra
Priyanka Chopra em Amsterdã Imagem: Reprodução/Instagram/priyankachopra

De Universa, em São Paulo

16/07/2020 17h51

A atriz indiana Priyanka Chopra tem carreira reconhecida muito além das fronteiras de seu país — ela é protagonista da série norte-americana "Quantico", estrela com frequência capas de revista de moda e desfila nos principais tapetes vermelhos dos Estados Unidos e da Europa. Quando era mais nova, no entanto, ouviu que nunca chegaria até aí por ser mulher.

"Eu cresci em uma cidade pequena e tive grandes sonhos. Sonhos que muitas pessoas me disseram que eram inatingíveis, especialmente para uma garota", disse, durante a cúpula Girl Up, onde também se apresentaram, neste ano, Michelle Obama e Meghan Markle.

Priyanka contou que, felizmente, tinha o incentivo da família para seguir seus objetivos.

"Fui abençoada por ter uma família que me incentivou a buscar as estrelas, que me inculcavam bons valores e uma forte ética de trabalho", disse. "Eles me deram confiança para acreditar que eu poderia fazer qualquer coisa, independentemente do meu gênero. Eles me ajudaram a entender que, assumindo o controle do meu próprio futuro, eu poderia ser um soldado pela mudança".

A atriz, casada com o cantor Nick Jonas, incentivou outras mulheres, especialmente as mais jovens, a impulsionar mudanças em direção ao fim da disparidade entre os gêneros.

"Vamos exigir a mudança que queremos, para que a próxima geração de meninas não tenha que lutar a mesma luta que nós", aconselhou.

"As mulheres que vieram antes lutaram pelo direito de votar e trabalhar e hoje nem pensamos nisso. Agora é a nossa vez de fazer o mesmo".

Direitos da mulher