PUBLICIDADE

Topo

Pandemia eleva em 50% diferença entre gênero e pode demitir mais mulheres

Regime de home office faz com que mulheres com filhos reduzam de 4 a 5 horas a mais que homens sua jornada de trabalho - Getty Images
Regime de home office faz com que mulheres com filhos reduzam de 4 a 5 horas a mais que homens sua jornada de trabalho Imagem: Getty Images

De Universa, em São Paulo

15/07/2020 18h09

Mulheres que estão trabalhando em casa e têm filhos pequenos tiveram sua jornada de trabalho reduzida de 4 a 5 horas a mais que os pais para dar conta das atividades da casa e dos filhos.

Um estudo da Universidade de Washington em St. Louis, nos Estados Unidos, mostra que essa mudança aumenta em até 50% a disparidade de gênero nas horas de trabalho formal.

Essa disparidade provavelmente levará as mulheres a deixar a força de trabalho em massa, disse Caitlyn Collins, socióloga da Universidade de Washington e coautora do estudo. Isso também pode desencadear demissões de mulheres, já que as empresas terão que escolher quais funcionários manter durante uma crise econômica.

O estudo analisa casais heterossexuais em que os dois trabalham e têm rendas independentes.

Em entrevista concedida ao site "The Lily" em maio, antes do resultado oficial da pesquisa, Martha Gimbel, gerente de pesquisa econômica da Schmidt Futures, disse que essa conclusão era esperada.

"Sou economista, então geralmente tento não dizer coisas sem dados, mas me sinto muito à vontade em dizer que esse fardo cairá sobre as mulheres", analisou na ocasião.

Direitos da mulher