PUBLICIDADE

Topo

Como Maiara e Fernando: Idas e vindas desgastam relacionamento?

Fernando Zor e Maiara (Foto: Reprodução/Instagram) - Reprodução/Instagram)
Fernando Zor e Maiara (Foto: Reprodução/Instagram) Imagem: Reprodução/Instagram)

De Universa

11/07/2020 12h49

Parece que o namoro entre os cantores Maiara e Fernando Zor, da dupla com Sorocaba, acabou mais uma vez. Mas a dupla já se reconciliou tantas vezes que Universa torce para os dois voltarem até o fechamento desta edição.

Enquanto os artistas não anunciam que está tudo bem, a gente debate aqui o que fazer para que esse vai e vem não se torne desgastante para uma relação. Porque pode parecer muito bonitinho na ficção —como Ross e Rachel de "Friends"— , mas dar mais uma chance ao amor (ou várias) pode ser uma bomba para sua cabeça. Segundo estudo da Universidade de Missouri (EUA), terminar e voltar várias vezes com a mesma pessoa prejudica, e muito, a saúde mental. Isso pode acarretar em depressão e ansiedade, por exemplo.

A psicóloga clínica Sabrina Gonzalez já explicou pra gente que o que costuma alimentar um relacionamento ioiô é a baixa autoestima dos dois integrantes do casal. "É como se a falta perspectiva de arranjar alguém melhor faça com que os casais se agarrem ao que têm, mesmo quando ninguém está satisfeito", diz ela.

Mas se o casal decidiu que vale a pena insistir, a melhor estratégia, segundo Sabrina, é recomeçar o relacionamento do zero, com os dois dispostos a reconhecerem os comportamentos tóxicos que costumam ter e se comprometendo a mudarem isso. Caso contrário, a chance de tudo dar errado novamente é enorme.

Além da questão da baixa autoestima, existe ainda uma grande imaturidade nesses casais. "Ambos não conseguem lidar de forma adulta com as adversidades que surgem no decorrer de um relacionamento a dois", diz a psicóloga clínica. Com isso, ao primeiro sinal de irritação, os dois brigam, mas ao invés de agirem de forma madura atrás de uma solução, logo optam por se separarem, na ilusão de encontrarem um outro alguém e uma relação sem dificuldades. Isso não existe. "O que define a maturidade não é quantos anos a pessoa têm, mas sim as vivências pelas quais passou e o quanto ela cresceu com isso em sua trajetória", explica Sabrina.

Ou seja: para a relação dar certo, a dupla precisa usar as discussões como forma de aprendizado para melhorar de vez.

"Se os dois não mudarem seu comportamento sobre aspectos que desagradavam o outro, é questão de tempo para uma nova discussão e término", a especialista conclui.

Ciumenta possessiva

Ao que tudo indica, o namoro entre os cantores terminou por ciúme de Maiara. O amado teria curtido a foto de uma amiga do casal, em que ela aparece de biquíni.

Essa não é a primeira vez que o sentimento de Maiara se torna assunto público. Fernando comentou, em participação do Encontro de Fátima Bernardes, da TV Globo, que a namorada é ciumenta e "corre atrás dele". Maiara também já revelou que o namorado sempre está com o celular, mesmo no banheiro, com medo da possibilidade de ela tentar ver o conteúdo do aparelho.

A psicoterapeuta de casal Poema Ribeiro disse a Universa que todo ciúme exagerado leva a conflitos dentro do relacionamento, e orienta que quanto mais o casal for sincero um com o outro e analisar comportamentos que possam incomodar o outro, melhor vai ser a relação.

"Há uma confusão entre o cuidar e o ciúme. Mas, precisamos entender as singularidades das relações. É uma linha tênue que é importante o casal olhar: se a pessoa se assume ciumenta ou é cuidadosa, se preocupa com o outro e com ela mesma. Sempre lembrando que ciúme exacerbado é sempre prejudicial", ela ensina.

Relacionamentos